Paralisação de motoristas da Pêssego Transportes afeta linhas de ônibus na Zona Leste

482
Pêssego Transportes
Foto: Adam X

Um protesto de motoristas da Pêssego Transportes afetava a operação de ao menos 13 linhas de ônibus da empresa que atendem bairros da Zona Leste como Itaquera, Vila Matilde, Guaianases, Cidade Tiradentes e Artur Alvim, entre o início da manhã desta segunda-feira e a noite desta terça-feira, dia 9 de março.

As linhas de ônibus afetadas eram:

  • 372F/10 Universidade São Judas Tadeu – Metrô Bresser
  • 373L/10 Jardim Limoeiro – Metrô Itaquera
  • 3025/10 Jardim Wilma Flor – CPTM Guaianazes
  • 3718/10 Metrô Artur Alvim – Nova América
  • 3721/41 Shopping Aricanduva – Metrô Itaquera
  • 3728/41 Metrô Artur Alvim – Parque Nova Savoy
  • 3732/10 CPTM José Bonifácio – Metrô Itaquera
  • 3735/10 Metrô Artur Alvim – Jardim São João
  • 3735/41 Metrô Artur Alvim – Jardim São José
  • 3741/10 CPTM Dom Bosco – Metrô Itaquera
  • 3742/10 Jardim Laranjeira – Metrô Itaquera
  • 3766/10 Cohab II – Metrô Itaquera
  • 3796/10 Gleba do Pêssego – Metrô Itaquera

Os motoristas fizeram a paralisação por causa de atrasos nos benefícios trabalhistas e as manifestações ocorriam nos pontos iniciais das linhas.

A SPTrans informou ao Diário do Transporte que “as equipes da SPTrans estão nos locais mais afetados para orientar os usuários quanto às alternativas de deslocamento. Vale ressaltar que o descumprimento das partidas programadas é passível de multas”.

A Pêssego Transportes opera no chamado sistema local, que faz a ligação entre os bairros e estações do Metrô e da CPTM.

Deixe seu comentário