Obras para 13,2 quilômetros de novas conexões cicloviárias são iniciadas

Atualmente, sete conexões estão em fase de implantação. A Zona Leste terá, nesta etapa, a maior extensão em obras, com 5,2 quilômetros; seguida pela Zona Norte, com 4,6 quilômetros de novas vias

88
Obras Ciclofaixa de Lazer Nova Cicloviárias
Foto: Divulgação

A Prefeitura de São Paulo informou que as obras de conexão das ciclofaixas São Miguel, Engenheiro Caetano Álvares, Freire Cisneiro, Iapó, José Bernardo Pinto e das ciclovias das ruas Domingos de Morais e Henrique Schaumann estão em fase de implantação. As novas estruturas farão a conexão de diversas ciclovias e ciclofaixas já existentes, representando uma expansão de 13,2 quilômetros da malha cicloviária da cidade.

A ciclofaixa da Avenida São Miguel, na Zona Leste, terá 5,2 quilômetros de extensão, entre o trecho já existente de ciclofaixa da Avenida Dom Elder Câmara até a Avenida São Miguel, esquina com a Rua Antônio de Castro Lopes. Esta ciclofaixa também se conectará à estrutura ciocloviária da Estrada de Mogi das Cruzes.

Na Zona Norte, a ciclofaixa Engenheiro Caetano Álvares – Samaritá, ampliará em 1 quilômetro a malha cicloviária, da Avenida Engenheiro Caetano Álvares até a Avenida Ordem e Progresso. A estrutura da Rua Doutor Freire Cisneiro, com 1,1 quilômetro de extensão, segue da ciclovia da Avenida Comendador Martinelli, pela ruas Doutor Freire Cisneiro, Espigão D’Oeste e Francisco Rodrigues Nunes até a Rua Maestro Gabriel Migliori. Quando pronta, a estrutura fará a ligação da estrutura existente na Avenida Inajar de Souza até a Rua Maestro Gabriel Migliori.

Ainda na Zona Norte, as obras de conexão na Rua José Bernardo Pinto, seguirão por 0,7 quilômetros até acessar a estrutura existente na Avenida Otto Baumgart. A malha também receberá obra de implantação da ciclofaixa Iapó, com 1,7 quilômetro, que fará a conexão entre a Avenida Braz Leme e a Rua Samaritá.

Polos geradores

Duas conexões de estruturas cicloviárias serão implantadas como parte de medidas previstas em Certidões de Diretrizes para regularização de Polos Geradores: Domingos de Morais e Henrique Schaumann. A ciclovia na Rua Henrique Schaumann, fará a ligação entre a ciclovia localizada na Avenida Paulo VI, em Pinheiros, até a Rua Guadelupe, na região do Jardim América.

Também será possível acessar o Hospital das Clínicas pela Rua Artur de Azevedo. A estrutura seguirá pelo canteiro central da Rua Henrique Schaumann e Avenida Brasil, com extensão total de 1,5 quilômetro.

Já a estrutura na Rua Domingos de Morais terá 2 quilômetros de extensão e vai conectar a ciclofaixa existente na altura da Estação Vila Mariana da Linha 1-Azul do Metrô até a Alameda das Boninas. Serão implantadas as adequações geométricas necessárias e suas respectivas sinalizações. Quando concluída, conectará a região da Vila Mariana à região do Jabaquara.

Plano Cicloviário

O novo Plano Cicloviário da cidade de São Paulo prevê 173 quilômetros de novas conexões (integração da malha) e 310 quilômetros de reformas e melhorias em estruturas já existentes, sendo que 41 já foram entregues e outros 92 estão em obras. O projeto também prevê 12 quilômetros de remanejamentos, considerando as particularidades do viário, a segurança dos usuários e a fluidez no trânsito. Nenhum quilômetro será retirado.

O investimento no Plano Cicloviário é de R$ 325 milhões, acompanhado de um projeto de recapeamento orçado em R$ 250 milhões. No total, a cidade passará dos atuais 503 quilômetros para 676 quilômetros de vias para ciclistas em 2020.

Deixe seu comentário