Prefeitura de São Paulo cria regras para o serviço de tapa-buraco

A Prefeitura de São Paulo publicou no Diário Oficial um manual para a realização do serviço de tapa-buraco, que cria regras para todas as etapas: desde a produção do asfalto até o transporte e a execução.

As normas entram em vigor em 1º de março de 2020 e determinam, por exemplo, que os buracos sejam primeiro vistoriados por técnicos, que irão demarcar a área e definir o tipo de reparo.

Na hora de tapar, os caminhões e as equipes deverão ter termômetros para medir a temperatura e garantir que a massa asfáltica seja aplicada no calor adequado.

De acordo com o Secretário de Subprefeituras, Alexandre Modonezi, a ideia é que o manual sirva de base para a nova licitação do serviço, que deverá ser lançada até janeiro de 2020.

Deixe um comentário