PUBLICIDADE

Levantamento aponta que número de falhas triplicou na Linha 15-Prata em 2019

Plataforma da Estação São Lucas (Foto: Eduardo Silva)

Um levantamento feito pelo telejornal SP2 aponta que o número de falhas na Linha 15-Prata triplicou neste ano de 2019, com base na Lei de Acesso à Informação.

Somando falhas mais paralisações, a Linha 15-Prata ficou sem funcionar parcialmente por cerca de 27 dias, de janeiro ao início de dezembro, o que equivale a praticamente um mês.

Pelo que eu acompanho com frequência a maioria das falhas na Linha 15-Prata que o Direto dos Trens reporta automaticamente do site do Metrô são:

  • Falha nos equipamentos de via
  • Falhas em composições
  • Falha ou falta de energia elétrica

O Metrô informou que “todos os novos trechos estão em um período de adaptação, e por isso ocorrem mais falhas e ajustes. E que para abrir um novo trecho com três estações até São Mateus – o que está previsto para ser inaugurado este mês – a companhia está atualizando o sistema de controle dos trens e isso pode causar falhas pontuais.”

MOBILIDADE SAMPA

Siga o Mobilidade Sampa nas redes sociais e fique informado sobre a mobilidade urbana de São Paulo e Região Metropolitana:

  • Twitter
  • Instagram
  • Telegram
  • Facebook
  • YouTube
  • LinkedIn
  • Sair da versão mobile