Grafite gigante homenageia banda Mamonas Assassinas na Estação Aeroporto-Guarulhos​

42
Mamonas Assassinas Muro
Foto: Divulgação/CPTM

O artista Anderson Eduardo Araújo Messias grafitou um imenso mural em homenagem à banda Mamonas Assassinas, no muro da Estação Aeroporto-Guarulhos da Linha 13-Jade da CPTM. A obra foi iniciada na terça-feira, dia 8 de outubro e ficou pronta no sábado, dia 12 de outubro.

O convite para o artista realizar o grafite foi feito pelo coletivo “Na Rua Sem Wi-Fi”, que também promoveu uma série de brincadeiras na área externa da estação, para celebrar o Dia das Crianças.

Muito popular, a banda Mamonas Assassinas reunia cinco jovens de Guarulhos, que ganharam as paradas nacionais com a música “Pelados em Santos”. O grupo teve a carreira interrompida num trágico acidente aéreo sobre a Serra da Cantareira em 2 de março de 1996.

Quando foi criada em 1990, a banda de rock cômico tinha o nome de Utopia. A mistura de pop rock com influências de gêneros populares, como sertanejo, brega, pagode e forró entre outros, garantiu aos garotos de Guarulhos um sucesso meteórico.

O único álbum de estúdio gravado pelos Mamonas Assassinas foi lançado em junho de 1995 e vendeu mais de 3 milhões de cópias no Brasil. Os irreverentes músicos continuam cultuados pela população de Guarulhos.

Na Rua Sem Wi-fi

O coletivo “Na Rua Sem Wi-Fi” foi criado com a proposta de resgatar as tradicionais brincadeiras de rua, sem precisar disputar espaço com a tecnologia tão inserida nessa geração.

O objetivo é promover a interação entre amigos, avós, pais e filhos nessas atividades de distração e alegria.

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here