CPTM lança Programa I.ON e MBI Ferroviário no Espaço Cubo​

Conjunto de ações visa incentivar a cultura da inovação em todas as áreas

36
CPTM Evento no Espaço Cubo Programa I.ON
Foto: Divulgação/CPTM

Nesta quinta-feira, dia 24 de outubro, durante o evento Mobilidade: Trends & Future, promovido pela CPTM no Espaço Cubo, na Vila Olímpia, o presidente Pedro Moro apresentou o Programa I.ON – um conjunto de ações que visa incentivar a cultura da inovação na empresa. Dentre as novidades, foi anunciada a criação do primeiro MBI (Master Business Innovation) Ferroviário para os funcionários e um prêmio de intraempreendedorismo, o Inova CPTM.

Pedro Moro
Pedro Moro, presidente da CPTM, à esquerda (Foto: Divulgação/CPTM)

“Nosso objetivo é fomentar diálogos sobre inovação e competitividade”, disse Pedro Moro ao dar início aos painéis. “Esses diálogos servem não apenas para estimular as boas práticas no mercado mas também incentivar o surgimento de novas soluções alinhadas aos avanços tecnológicos”.

O evento contou com a presença do secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, e com público formado pelo corpo diretivo e convidados do setor de transporte e mobilidade. “A inovação tecnológica é uma diretriz muito forte do Governo do Estado de São Paulo”, disse o secretário.

Alexandre Baldy e Pedro Moro
Alexandre Baldy, secretário dos Transportes Metropolitanos, à esquerda e Pedro Moro, presidente da CPTM, à direita (Foto: Divulgação/CPTM)

“E esse curso MBI é um estímulo aos funcionários, é preciso que as equipes se entusiasmem e pensem em novas soluções. E estar junto com o Senai, nessa busca, sem dúvida que o resultado será uma CPTM melhor e mais eficiente para os 3 milhões de passageiros transportados por dia”, disse.

O primeiro MBI (Master Business Innovation) do setor ferroviário, único no mundo, cujo edital será publicado nesta sexta-feira, dia 25 de outubro, foi desenvolvido em parceria com o Senai e lançado neste evento. É um curso lato sensu, com duração de 18 meses, exclusivo para funcionários, e oferecerá 32 vagas. O professor do Senai, Ricardo Terra, que trabalhou com a CPTM nesse projeto, disse que a parceria foi muito produtiva e em breve o curso será lançado também para o mercado.

“O Pedro assumiu a presidência da CPTM por seu conjunto de capacidades técnicas, mas principalmente pela sua humildade e habilidade em derrubar muros e construir pontes”, disse o professor. “É um profissional do futuro e com ele a CPTM está se reinventando”.

Programa I.ON
Foto: Divulgação/CPTM

O Programa I.ON foi detalhado por José Erlan Dias Alves, chefe do Departamento de Provimento e Desenvolvimento Pessoal. Esse programa segue os conceitos da indústria 4.0, a partir do melhor uso das tecnologias disponíveis e a Gestão Ágil, que se baseia na descentralização dos processos. No médio prazo, a CPTM busca uma transformação digital que aumentará a capacidade, autonomia e eficiência na gestão em todas as áreas.

Também foi lançado o Inova CPTM, um prêmio de intraempreendedorismo corporativo que busca promover e estimular a inovação aberta aplicada dentro da companhia. Ao engajar os times da empresa em um funil de inovação, gera mudança cultural e de conceitos, introduzindo novas ferramentas, metodologias e formas de trabalho.

“Nossa meta é implantar totalmente o Programa I.ON até o próximo ano. Já os resultados de um programa dessa magnitude começam a surgir desde o início da sua implementação, com o engajamento e participação de todos os funcionários”, ressaltou Pedro Moro.

O gerente de Desenvolvimento Organizacional e Recursos Humanos, Ivan Moreno, encerrou o evento convocando todo o time CPTM: “precisamos de cada um de vocês engajados e tocando a rotina da empresa com a inquietação de fazer sempre melhor. É o desafio para pensar diferente, sair do lugar comum”, concluiu.

Painel Mobilidade
Foto: Divulgação/CPTM

Projetos que compõem a primeira fase do Programa I.ON

MBI Ferroviário

Programa de Especialização Latu Sensu com foco no desenvolvimento de competências para suportar a transformação digital e a cultura da inovação do negócio. Foco na Gestão 3.0, Serviço 4.0 e Tecnologias. Programa inédito no Mundo e no Brasil para o segmento ferroviário.

Inova CPTM

Prêmio de IntraEmpreendedorismo Corporativo que tem por objetivo estimular a inovação aberta aplicada dentro da companhia nos mais diversos níveis, desde operacional ao administrativo.

Workshop de foresight estratégico

Workshop de nivelamento sobre tendências tecnológicas, sociais e emergentes para dar clareza aos executivos da companhia dos cenários futuros e provocar o diálogo para inovação.

Encontros de tecnologia e inovação

Os encontros têm por objetivo promover o diálogo aberto sobre inovação e disseminar as boas práticas implementadas no setor, tanto no Brasil quanto fora.

Metodologias ágeis

Em um mundo cada vez mais volátil, incerto, complexo e ambíguo é necessário ter agilidade e adaptabilidade para corresponder as mudanças que cada vez mais são significativas e ocorrem em um menor espaço de tempo. As metodologias ágeis são utilizadas como ferramentas para suportar a mudança de mindset das equipes tomadoras de decisão.

Projetos que compõem a segunda fase do Programa I.ON

HackInnovation

Maratona de inovação aberta que tem por objetivo estimular a geração de ideias para problemas reais da Companhia.

Transformação Digital

Com o objetivo de tornar a prestação de serviço cada vez mais competitiva e correspondente aos anseios dos seus clientes a CPTM, em parceria com o Senai, vêm construindo um conjunto de ações que promoverão a transformação digital do negócio.

Comitê de Inovação

Iniciativa da Presidência com o objetivo de promover a cultura da inovação.

Espaço Cubo
Foto: Divulgação/CPTM

Painéis

O evento Mobilidade: Trends & Future foi promovido pela CPTM no Espaço Cubo, a convite da VLI Logística. Contou com a apresentação de painéis sobre soluções e inovações nas áreas de transporte e mobilidade das empresas Toyota, Delloite Digital, EMTU, SPTrans e VLI Logística.

Os exemplos na CPTM foram apresentados por Wilson Nagy, gerente geral de manutenção. De acordo com Wilson Nagy, todos os processos da manutenção foram revistos, para reduzir as ocorrências e agilizar o trabalho.

Entre as soluções já implementadas pela área para melhorar a viagem dos passageiros, ele citou a instalação dos borrachões nas plataformas, que reduz o vão até o trem e aquisição de rampas para cadeirantes acessar o trem para todas as estações.

Programa I.ON

Para conhecer o Programa I.ON acesse o site oficial.

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here