20.7 C
São Paulo
sexta-feira, maio 24, 2024

Como a mobilidade urbana afeta o meio ambiente

Já é de conhecimento de todos que a mobilidade urbana afeta o meio ambiente devido ao alto número de poluentes que a é produzido todos os dias.

O que poucas pessoas pensam é que indiretamente, esses poluentes fazem mal para a saúde e podem aumentar o risco de doenças.

Apesar de parecer que devemos nos preocupar apenas com as grandes indústrias, o trânsito, principalmente das grandes cidades devem ser revisto, para que a população em geral não tenha grandes prejuízos na saúde e o planeta não sofra grandes impactos em seu meio ambiente.

A mobilidade urbana afeta o meio ambiente

A poluição dos veículos é uma das principais causas da emissão de CO2, mais até do que as indústrias.

E o que poucas pessoas sabem é que, segundo uma pesquisa realizada em 2007, os carros parados em congestionamentos poluem mais do que os carros em movimento. Isso faz com que os congestionamentos sejam ainda piores para a vida das pessoas, levando em conta que eles também são causadores de grande estresse.

Isso faz com que as pessoas devam começar a pensar em alternativas menos poluentes e que diminuam o tráfico, como o uso de transporte público e de bicicletas ou patinetes elétricos, por exemplo.

De acordo com a Organização não Governamental (ONG) Rodas da Paz, o transporte público polui 17 vezes menos do que o transporte particular, o que o reforça como a melhor opção para a mobilidade urbana.

Para quem não utiliza o transporte público, pequenos passos podem ser dados no começo. Um exemplo é trocar o carro por outro meio de transporte pelo menos uma vez por semana. Assim, aos poucos é possível ir se adaptando e, com o tempo, possivelmente fazer a mudança definitivamente.

Além de melhorar a condição do meio ambiente, repensar os meios de transporte também é importante para a saúde, pois é possível repensar a maneira de se locomover, utilizando a bicicleta e a caminhada, que também são atividades físicas.

A mobilidade urbana e o ameio ambiente afetam sua saúde

A mobilidade urbana afeta o meio ambiente e a saúde de tal forma que a legislação brasileira permite que parte das verbas destinadas à saúde sejam utilizadas em gastos com mobilidade urbana, como a construção de ciclovias e calçadas, além de investimentos no transporte público.

Essa medida justifica-se pelo fato de que tais recursos podem diminuir a emissão de poluentes, além de melhorarem a qualidade de vida e diminuírem o sedentarismo.

Além disso, segundo Paulo Saldiva, especialista em poluição atmosférica, a poluição atmosférica pode trazer os mesmos problemas que o uso do cigarro. Dentre essas doenças está o câncer de bexiga, abortamentos, câncer de pulmão e outras doenças respiratórias. Segundo o especialista, é possível atribuir a poluição do ar 4 mil mortes, em média, em São Paulo.

Você já sabia que a mobilidade urbana afeta o meio ambiente e a saúde das pessoas dessa maneira? Deixe sua opinião sobre o assunto nos comentários!

MOBILIDADE SAMPA

Siga o Mobilidade Sampa nas redes sociais e fique informado sobre a mobilidade urbana de São Paulo e Região Metropolitana:

  • Twitter
  • Instagram
  • Telegram
  • Facebook
  • YouTube
  • LinkedIn
  • Jeniffer Elaina
    Jeniffer Elaina
    Jeniffer Elaina trabalha como editora freelancer, tendo mais de cinco anos de experiência em escrita e revisão de artigos para web. É formada em Marketing com pós-graduação em Administração de Empresas na FGV. Sua maior paixão é poder compartilhar conhecimentos e aprender um pouco mais a cada dia.

    ÚLTIMOS POSTS

    ESCREVA SEU COMENTÁRIO

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    SIGA-NOS

    6,317SeguidoresSeguir
    28,236SeguidoresSeguir
    439InscritosInscrever
    PUBLICIDADE

    ÚLTIMOS POSTS