BYD deve assumir fabricação dos trens da Linha 17-Ouro

214
Scomi BYD
Foto: Divulgação/The Star

A jornalista Mônica Bergamo publicou em sua coluna no jornal Folha de São Paulo que a empresa chinesa BYD deve assumir a construção dos trens da Linha 17-Ouro de monotrilho, atualmente em obras e que futuramente atenderá o trecho entre as estações Congonhas e Morumbi.

As informações publicadas na coluna da jornalista aponta uma inconsistência, pois cita que a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) seria a responsável pela assinatura do contrato.

Vale ressaltar que as obras da Linha 17-Ouro são de responsabilidade do Metrô de São Paulo e a futura administração e operação do novo ramal de monotrilho, ficará a cargo da concessionária ViaMobilidade.

A empresa malaia Scomi, atualmente responsável pela fabricação dos trens, já anunciou que pretende sair do projeto, alegando dificuldades financeiras. A BYD se de fato assumir o projeto, irá utilizar o sistema semelhante ao VLT de Salvador.

Em 2016, a BYD anunciou que entraria no mercado de trens aéreos, com a construção de uma via elevada para testes em sua fábrica localizada na cidade de Shenzhen, na China.

Deixe seu comentário