Destaques da primeira semana de operação da Linha 5-Lilás pela ViaMobilidade

1089
catracas estação moema ViaMobilidade
Estação Moema (Foto: Igor Roberto)
Publicidade

Neste sábado, dia 11 de agosto, completou uma semana que a concessionária ViaMobilidade assumiu a operação da Linha 5-Lilás do Metrô, a mesma concessionária também vai assumir a operação da Linha 17-Ouro do Monotrilho, esta quando um dia for concluída.

Neste post vou contar sobre as falhas que aconteceram no ramal que não são nenhuma novidade, a nova adesivação dos trens, a mudança de nomenclatura das frotas P e F, a operação assistida da Estação Moema, as próximas inaugurações e o prêmio internacional que a linha receberá em breve. Continue lendo.

FALHAS

Não é novidade nenhuma acontecerem diversas falhas na Linha 5-Lilás, mesmo quando o Metrô operava a linha elas sempre aconteciam pelos mais variados motivos, nesta primeira semana da ViaMobilidade não foi diferente.

Dia 6 de agosto

Na segunda-feira, dia 6 de agosto, primeiro dia útil de operação comercial da ViaMobilidade, por volta das 7h um trem apresentou problemas na Estação Borba Gato. A concessionária declarou ao jornal Folha de São Paulo que um trem apresentou indevida sinalização no sistema de portas, precisando ser evacuado na mesma estação, sendo retirado de operação e substituído por outro trem para conduzir os passageiros até o final da viagem.

Ainda de acordo com a reportagem por volta do mesmo horário, na Estação Campo Limpo, era grande a concentração de passageiros que não conseguiam embarcar.

Já no período da tarde, no aplicativo Direto dos Trens era informado o status “Linha 5-Lilás com velocidade reduzida, devido à falha no sistema do sistema de controle centralizado, com previsão de normalização de 10 minutos”. A linha operou com redução de velocidade das 15h15 às 15h50.

A tecnologia de sinalização utilizada na Linha 5-Lilás é o chamado sistema CBTC, que foi fornecido pela empresa Bombardier. Desde quando o Metrô operava a linha e o sistema foi implantado ele vêm apresentando problemas. No dia 10 de abril, quando houve uma falha no ramal, o diretor de operações do Metrô admitiu problemas com o equipamento e declarou ao telejornal Bom Dia São Paulo que “a Linha Lilás está com uma falha no sistema de controle, apresentando em certos momentos lentidão, e necessitando de ajustes”.

Nas redes sociais, os passageiros relataram a demora para embarcar nas estações, mostrando as longas filas que se formaram no entorno das estações e a dificuldade no embarque para seguir viagem aos seus compromissos.

Dia 9 de agosto

No dia 9 de agosto, foram divulgadas três falhas pelo aplicativo Direto dos Trens, que reporta automaticamente as falhas acontecidas nas linhas do Metrô e da CPTM.

  • Entre 7h07 e 7h49: “Devido à interferência na via entre as estações Brooklin e Eucaliptos, os trens estão circulando com velocidade reduzida e maior tempo de parada.”
  • Entre 17h32 e 17h49: “Devido à interferência na via entre as estações Largo Treze e Eucaliptos, os trens estão circulando com velocidade reduzida e maior tempo de parada.”
  • Entre 18h41 e 19h01: “Devido à interferência na via entre as estações Brooklin e Eucaliptos, os trens estão circulando com velocidade reduzida e maior tempo de parada.”

Declaração de ocorrências

As falhas na Linha 5-Lilás acarretam atrasos nas viagens dos passageiros para chegarem aos seus compromissos, como trabalho ou escola, em razão disso a concessionária disponibiliza a Declaração de Ocorrências que pode ser baixada no site da ViaMobilidade.

ADESIVAÇÃO E FROTA 500

Pelas redes sociais e nos fóruns de discussão sobre a Linha 5-Lilás circulam imagens que mostram que ViaMobilidade já começou a mudar a adesivação dos trens da linha. Onde havia o logotipo do Metrô de São Paulo, agora há o logo da ViaMobilidade, praticamente idêntico ao logotipo da ViaQuatro, esta que opera a Linha 4-Amarela.

Há também uma faixa lilás percorrendo toda a composição. A cor azul que era predominante nos trens, está sendo trocada gradativamente pela cor lilás.

Vale ressaltar que é a ViaMobilidade que arca com os custos da mudança de cor e o layout das estações e dos trens, em acordo comum com o Metrô de São Paulo.

A linha 5-Lilás quando concluída terá 17 estações e a concessionária terá a disposição 34 trens, sendo 26 trens da antiga frota P e 8 trens da antiga frota F. Porque antiga? A concessionária recentemente renomeou a frota, agora passou a ser chamada de série 500, ou seja, as nomenclaturas antigas “Frota P” e Frota F” não serão mais utilizadas.

A antiga frota P agora compõem os trens entre 509 e 535 e a antiga frota P agora compõem os trens entre 501 e 508. O Metrô declarou recentemente que deverá entregar a modernização dos trens da antiga frota F até a conclusão das obras do ramal, no site da Rede Noticiando tem mais informações detalhadas sobre essa modernização.

ESTAÇÃO MOEMA

Quem utiliza a Estação Moema se pergunta diariamente quando a nova estação vai passar a operar em horário comercial, já que atualmente a estação funciona em operação assistida de segunda a sábado das 9h às 16h.

O Grupo Sul News abordou esta pauta recentemente relatando a insatisfação dos passageiros da região de Moema pela demora em ampliar o horário de funcionamento e procurou o Metrô de São Paulo para saber quando o horário será ampliado.

A companhia informou que “a estação Moema, a mais nova do sistema metroviário, funciona gratuitamente de segunda a sábado, das 9h às 16h, e passará a operar comercialmente, em horário integral e com cobrança de tarifa, junto a inauguração das demais estações da expansão da Linha 5-Lilás – AACD-Servidor, Hospital São Paulo, Santa Cruz e Chácara Klabin -, previstas para este mês”.

INAUGURAÇÕES

Muitos passageiros perguntam diariamente quando que as novas estações AACD-Servidor, Hospital São Paulo, Santa Cruz e Chácara Klabin serão inauguradas, até o momento permanece a “promessa” que as quatro estações serão inauguradas neste mês de agosto, já estamos chegando na metade do mês, porém nenhuma confirmação de data foi divulgada.

PRÊMIO

A jornalista Mônica Bergamo divulgou em sua coluna no jornal Folha de São Paulo que a obra da Linha 5-Lilás conquistou o prêmio de Honra ao Mérito, na categoria Pontes e Túneis, da revista americana ENR. A construção do ramal foi feita em consórcio formado pelas empresas OAS, Queiroz Galvão e Odebrecht.

Foram 22 projetos selecionados de 14 países, sendo que a obra da Linha 5-Lilás foi a única da América Latina a ser escolhida.O prêmio que é considerado pelo mercado o Oscar da Engenharia será entregue no mês de outubro, na cidade de Nova York.

VIAMOBILIDADE

Os passageiros que precisarem entrar em contato com a ViaMobilidade para enviar reclamações e sugestões podem ligar no telefone 0800 770 7106 que funciona de segunda a sexta, das 6h30 às 22h e aos sábados e domingos das 8h às 18h, podem enviar uma mensagem no Fale Conosco do site oficial ou encaminhar um e-mail para ouvidoria@viamobilidade.com.br.

LEIA TAMBÉM

Deixe seu comentário

comentários

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here