Prefeitura de Santo André assina contrato para executar obras de mobilidade urbana

Pacote de intervenções contemplará novas alças de acesso para os viadutos Adib Chammas, Castelo Branco e implantação de corredores de ônibus

0
32
mobilidade santo andré mobilidade urbana
Foto: Júlio Bastos/Prefeitura de Santo André

A Prefeitura de Santo André assinou nesta segunda-feira, dia 16 de julho, contrato com o Banco Interamericano de Desenvolvimento para obter financiamento de US$ 25 milhões, que será utilizado para um grande pacote de obras de mobilidade urbana. O município vai entrar com aporte de outros US$ 25 milhões, totalizando investimento de US$ 50 milhões.

Os recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento serão utilizados para a construção da segunda alça de acesso do viaduto Adib Chammas e de duas novas alças no viaduto Castelo Branco, que será completamente modernizado e irá transpor o rio Tamanduateí. Além disso, serão implantados quatro quilômetros de corredores de ônibus na região central.

O projeto executivo para a construção da nova alça de acesso do viaduto Adib Chammas já está finalizado. O próximo passo é a contratação da empresa que gerenciará o pacote de obras, etapa que é uma exigência do Banco Interamericano de Desenvolvimento e que será realizada nos próximos dias.

Ainda neste ano será aberta a licitação para definição da construtora que fará a nova alça. A previsão é que a obra custe R$ 12 milhões e fique pronta em 12 meses, a partir da finalização do processo licitatório.

Quanto ao viaduto Castelo Branco, o investimento vai chegar a cerca de R$ 80 milhões. A Prefeitura de Santo André vai abrir licitação internacional para elaboração do projeto executivo, que custará entre R$ 4 milhões e R$ 6 milhões.

O financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento também será utilizado para viabilizar o Plano de Mobilidade Sustentável, que norteará as políticas públicas de mobilidade urbana na cidade para os próximos 30 anos.

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO