Prefeitura de São Paulo aplicou mais de um milhão de multas por mês em 2016

79
parcelamento de multas de trânsito

A Prefeitura de São Paulo aplicou mais de 15 milhões de multas de trânsito em 2016, segundo dados publicados nesta segunda-feira (4) no site Painel Mobilidade Segura. Foram mais de 42 mil multas por dia de janeiro a dezembro do ano passado. Por hora, a cidade registrou 1.764 infrações e, por minuto, 29 multas.

O número total de multas do ano passado é 15,7% maior do que as 13,3 milhões de infrações aplicadas em 2015. Em comparação a 2014, quando foram registradas cerca de 9,3 milhões de multas, é 65,8% maior.

Os dados também confirmam o aumento do número de infrações flagradas por radares. Em 2014, 66,5% das multas eram por fiscalização eletrônica. Em 2015, esse percentual subiu para 72% e, neste ano, quase 80% das autuações foram feitas por radares.

Somente uma a cada quatro foram aplicadas por agentes da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), guardas-civis metropolitanos ou policiais militares.

Em 2016, foram registradas mais de um milhão de infrações por mês. Novembro foi o mês com o menor número de multas aplicadas: 1,192 milhão. Já o mês de março foi o campeão, com 1,375 milhão de multas.

Os carros de passeio foram os que mais foram multados no ano passado. Eles foram responsáveis por 69% do total de infrações. Apenas 5% das multas foram aplicadas em motos, tipo de veículo que mais se envolve em acidente na capital.

TIPOS DE MULTA

A principal infração cometida pelos motoristas no ano passado foi transitar acima do limite de velocidade, se consideradas as multas aplicadas por radares. Foram mais 5,8 milhões de multas a motoristas que trafegaram acima do limite em até 20%. Já durante o rodízio municipal de veículos foram 3 milhões de infrações no ano flagradas pelos equipamentos. A invasão da faixa ou corredor exclusiva de ônibus ficou em terceiro lugar, com mais de 983 mil multas aplicadas no ano passado.

Deixe seu comentário