Reunião entre Sindicato dos Ferroviários e CPTM sobre o Acordo Coletivo de Trabalho

484
Foto: Sindicato dos Ferroviários de São Paulo

O Sindicato dos Ferroviários de São Paulo (que representa as linhas 7-Rubi e 10-Turquesa) esteve reunido com a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), na sexta-feira (17), para dar continuidade às negociações do Acordo Coletivo de Trabalho 2017/2018. Mas o ritmo das negociações anda lento, segundo o sindicato.

Nesta última reunião apenas três cláusulas, das treze discutidas, foram consensadas. A maioria das claúsulas, ou ficaram pendentes de análise por parte da CPTM, ou não foram consensadas, já que a CPTM propunha suprimir direitos. Diante de tantos impasses, muitas decisões foram adiadas para a próxima reunião que acontece no dia 23/03.

A CPTM propôs o pagamento da PPR (Programa de Participação nos Resultados) de 2016 em duas vezes, sendo a primeira (50%), dia 31 de março, e o restante em 30 de junho, sem correção. O sindicato não concorda com o parcelamento e ameaça fazer paralisação das linhas caso as negociações não avancem, pois a categoria tem um acordo de Programa de Participação nos Resultados de 2016 assinado com a CPTM que prevê o pagamento do prêmio em parcela única dia 31/03.

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here