Paralisação de ônibus municipais e intermunicipais em Guarulhos é encerrada

181
Foto: Guarulhos Web
Publicidade

Os ônibus municipais e intermunicipais de Guarulhos começaram a sair das garagens após às 8h desta quarta-feira (15), após a paralisação em razão de ato contra a reforma da Previdência, sendo que a situação foi totalmente normalizada após às 10h, até que os ônibus chegassem aos pontos de partida e terminais urbanos para iniciar suas viagens.

A paralisação em Guarulhos teve a adesão de cinco empresas de ônibus (Vila Galvão, Campo dos Ouros, Consórcio Internorte, Guarulhos Transportes e Viação Transdutra). Mesmo diante de decisão judicial que determinava que pelo menos 70% da frota circulasse nas ruas e avenidas no horário de pico e 40% da frota circulasse nos demais horários, os motoristas e cobradores realizaram a paralisação durante o início da manhã, o que comprometeu a operação de 101 linhas que transportam no horário de pico da manhã cerca de 100 mil passageiros com uma frota de aproximadamente 750 ônibus.

A paralisação foi decidida em reunião na última segunda-feira (13) pelo Sincoverg (Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários no Transporte de Passageiros, Urbano, Suburbano, Metropolitano, Intermunicipal e Cargas Próprias de Guarulhos e Arujá em São Paulo).

Os agentes de trânsito estiveram nas ruas auxiliando na fluidez do trânsito e no retorno do transporte público. O Centro Integrado de Inteligência da cidade monitorou diversas vias e a condição do trânsito local.

Na Avenida Tancredo Neves, a faixa exclusiva para ônibus do Corredor Metropolitano esteve liberada para carros desde o Terminal Cecap até a Avenida Antônio de Souza, próximo à Praça IV Centenário.

Foto: Guarulhos Web

Deixe seu comentário

comentários

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here