Tarifa de ônibus sobe para R$ 4,50 em Campinas e integração será cobrada

146
Foto: Divulgação
Publicidade

A partir do próximo sábado (7) a tarifa dos ônibus municipais na cidade de Campinas terá reajuste de 18% e aumentará de R$ 3,80 para R$ 4,50.

O valor das integrações, quando o usuário utiliza o Bilhete Único em mais de uma linha para se deslocar no intervalo de até duas horas, que até agora eram gratuitas, passará a ser cobrado. O decreto assinado pelo prefeito Jonas Donizette foi publicado nesta segunda-feira (2) e passa a vigorar no próximo sábado (7).

Pelo decreto, as segundas integrações (embarque no terceiro ônibus) terão uma taxa de R$ 0,30. Ficam isentos desta cobrança somente os usuários que possuem o Bilhete Único Escolar ou Universitário e os usuários da linha 502 Circular Centro – Linhão da Saúde.

Os usuários do Bilhete Único terão o desconto de R$ 0,30. Com isso, a tarifa praticada fica assim:

Bilhete Único Comum: R$ 4,20
Bilhete Único Vale Transporte: R$ 4,50
Cartão Especial: R$ 4,50
Bilhete Único Escolar: R$ 1,68
Bilhete Único Universitário: R$ 2,10

A justificativa da Prefeitura de Campinas para definir o reajuste foi que “a medida é necessária para que haja redução no valor atual do subsídio que a administração municipal concede ao transporte público”. De acordo com o secretário de Transportes, Carlos José Barreiro, em 2016 o subsídio repassado para as empresas foi de R$ 95 milhões e neste ano não haverá caixa para repassar o mesmo valor o superior a isso devido à crise financeira. “No primeiro trimestre de 2017 vamos repassar R$ 15 milhões, que é 40% a menos do que no ano passado”, explicou o secretário. Se o valor for mantido ao longo do ano, o subsídio fechará em R$ 60 milhões.

Para maiores informações sobre o transporte público da cidade de Campinas, acesse o site: http://bit.ly/2iJwOMH

Deixe seu comentário

comentários

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here