João Doria: Transporte Público e mobilidade urbana

237
(Foto: Suamy Beydoun/AGIF/Folhapress

O prefeito eleito João Doria tomou posse na tarde deste domingo (1º) para um mandato de quatro anos à frente da Prefeitura de São Paulo. A cerimônia de posse aconteceu na Câmara
Municipal de São Paulo e a cerimônia de transmissão do cargo de Fernando Haddad para o novo prefeito aconteceu no Theatro Municipal.

Joã Doria prometeu “respeito à ética e à transparência”, eficiência e inovação em sua gestão. “Seremos eficientes, inovadores para sermos transformadores na cidade de São Paulo”.

Conheça o gabinete do novo prefeito:

Para a área de transportes e mobilidade, Sérgio Avelleda, será o novo secretário de Transportes e Mobilidade da nova gestão. O atual secretário foi presidente do Metrô entre 2002 e 2007. Também foi presidente da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) entre 2008 e 2011. Em 2013 foi diretor de operações do Metrô Rio.

Veja a seguir algumas ações que o novo prefeito anunciou na área de transporte e mobilidade da cidade:

Aumento da velocidade nas marginais

No dia 20 de dezembro, o secretário de Transportes Sérgio Avelleda anunciou que o limite de velocidade na pista expressa das marginais Pinheiros e Tietê volta a ser 90 km/h para veículos leves, na pista central da Marginal Tietê o limite será de 70 km/h e nas pistas locais o limite será de 60 km/h. Na faixa da direita da pista local, onde ficam os corredores de ônibus que permite a conversão à direita, a velocidade será mantida em 50 km/h. Nas demais vias da cidade não haverá alteração de velocidade. As mudanças passarão a valer no dia 25 de janeiro, aniversário da cidade.

Os limites dessas vias foram rebaixados por Fernando Haddad em julho de 2015, com o objetivo de reduzir acidentes e melhorar a fluidez. Os acidentes com mortes caíram pela metade desde as reduções das velocidades, e a Marginal Tietê completou 19 meses sem nenhum atropelamento.

Tarifa dos ônibus

João Doria garantiu um dia após ter vencido as eleições que a tarifa de R$ 3,80 não sofrerá reajuste ao longo de 2017. Desde então o prefeito busca recursos para cumprir a promessa de manter a tarifa congelada, o prefeito precisará repassar cerca de R$ 3 bilhões às empresas de ônibus em subsídios, na prática é o valor repassado pela prefeitura às empresas de ônibus para cobrir a diferença entre o que os passageiros pagam e os custos reais dos serviços.

A revisão da gratuidade no transporte público da capital para idosos entre 60 e 64 anos está em andamento, mas ainda não há data para vigorar. “Não faz sentido que pessoas que podem pagar não paguem. Vamos também buscar combater as fraudes na utilização do bilhete único”, disse.

Operação Cidade Linda

Na segunda-feira (2), João Doria vai se vestir de gari para lançar o programa Cidade Linda, um mutirão que visa a limpar ruas e praças da cidade, com a ajuda da iniciativa privada. Às 6h, o prefeito estará reunido com alguns de seus secretários, para limpar a Avenida Nove de Julho, começando pela Praça 14 Bis, na região central.

Neste domingo (1º) alguns servidores da prefeitura começaram a limpar a Avenida Nove de Julho, no trecho entre a Rua João Cachoeira e a Avenida São Gabriel, foram realizadas as podas de árvores, eliminação de pichações e a limpeza das ilhas centrais da avenida. Os trabalhos serão realizados em conjunto com a prestadora de serviço Era Técnica, segundo apurações da jornalista Sônia Racy.

Caminhão a serviço da Prefeitura de São Paulo traz o símbolo da Operação Cidade Linda (Foto: Rogério de Saints/Futura Press/Estadão Conteúdo)
Painel eletrônico indica operação Cidade Linda na Avenida Nove de Julho (Foto: Rogério de Santis/Futura Press/Estadão Conteúdo)

Haverá também uma ação da Operação Cidade Linda na Ponte Estaiada, que liga a Marginal Pinheiros à Avenida Jornalista Roberto Marinho, na zona sul. Uma operação de limpeza será relizada em toda a estrutura da ponte, o mastro está pichado. A ação tem estimativa de durar dez dias e será realizada das 23h às 7h para não impactar o trânsito da região.

Nova Luz

Em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo, o prefeito disse que o projeto urbanístico Nova Luz será ampliado para todo o centro histórico e sob a coordenação do urbanista e ex-prefeito de Curitiba, Jaime Lerner, o projeto será custeado pela iniciativa privada. “Queremos requalificar toda aquela área”, disse.

Chuvas de Verão

João Doria assumirá a prefeitura no auge da temporada de chuvas, e problemas como falta de luz e queda de árvores devem continuar. Segundo a equipe do prefeito, a prioridade nesse primeiro momento será intensificar a limpeza de bueiros, bocas de lobo e galerias. Grandes obras como piscinões só deverão ser iniciadas a médio e longo prazos.

Promessas

O jornal Folha de São Paulo criou uma ferramenta on-line para acompanhar as promessas feitas pelo novo prefeito, ao longo da campanha e do período de transição. São 118 compromissos, dentre eles destacamos o setor de transportes. Confira:

Aplicativo com horário dos ônibus
Criar um aplicativo para o usuário de ônibus consultar em qual horário exatamente o seu ônibus vai passar no ponto, declarou em entrevista ao site Catraca Livre, em setembro de 2016.

Criar faixas exclusivas para motociclistas
“Nos eixos leste-oeste, norte-sul, nós vamos retomar o projeto que já houve no passado, que é o de faixas exclusivas para os motociclistas”, disse em entrevista ao Programa do Ratinho, em outubro de 2016.

Ampliação da rede de ônibus noturno
“Nós vamos ampliar o horário de funcionamento do transporte público, para que a população que trabalha a noite em São Paulo tenha acesso ao transporte coletivo”, disse no debate promovido pela Rede TV, no início de setembro de 2016.

Implantação do Rapidão
“Nós vamos implantar o Rapidão logo no primeiro semestre de 2017. Nós vamos utilizar os corredores. Vai funcionar no eixo dos corredores exclusivos com ônibus articulados e
biarticulados. Teremos os pontos tipo BRT, onde o cobrador fica fora do ônibus, isso acelera o processo, diminui o tempo de embarque e desembarque e promove o conforto do
passageiro”, disse em entrevista ao Programa Mariana Godoy, em outubro de 2016.

Não demitir cobradores nos BRTs
“Não vai gerar desemprego de nenhum cobrador. Os que não forem cobradores serão promovidos a motoristas de ônibus”, disse no debate promovido pela Rede TV, no início de setembro de 2016.

Ônibus com combustível biodegradável
“Vamos dar um prazo para que as concessionárias utilizem combustíveis biodegradáveis em todos os ônibus da capital de São Paulo”, declarou em sua página no Facebook, em setembro de 2016.

Sinalização eletrônica nas avenidas
“Melhorar a sinalização eletrônica, que pode mudar a cada minutos”, declarou em sua página no Facebook, em setembro de 2016.

Liberação de carros no Viaduto Doutor Plínio de Queiroz
“Vai mudar. Isso de fechar o viaduto para carros foi um erro da gestão Fernando Haddad”, disse em entrevista ao Jornal da Manhã, da Rádio Jovem Pan, em outubro de 2016.

Ciclovias
“Onde elas funcionam bem, onde elas atuam seja para o lazer, seja para mobilidade, elas serão preservadas, sinalizadas e até melhoradas”, disse em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo, em outubro de 2016.

Negociar ampliação do horário do Metrô e CPTM
“Vamos fazer uma gestão junto ao governo do Estado de São Paulo, para que metrô e trens possam também funcionar em horário estendido”, disse no debate promovido pela Rede TV, no início de setembro de 2016.

Pagar estacionamentos com Bilhete Único
“Implantar bolsões de estacionamento pagos com Bilhete Único nas extremidades das linhas de ônibus troncais e metrô, estimulando a transferência do usuário de automóvel para o transporte público”, esta informação consta em seu plao de governo.

Reduzir tempo de trajeto no transporte urbano
“Vamos diminuir o tempo de 15 a 20 minutos do trajeto de casa até o trabalho ou do trabalho para casa”, declarou em sua página no Facebook, em setembro de 2016.

Renovar a frota de ônibus
“Nós vamos obrigar que as concessionárias utilizem só articulados e biarticulados. Todos terão obrigatoriamente wi-fi gratuito, ar-condicionado, acessibilidade e entretenimento com monitores de televisão”, disse em entrevista ao site Catraca Livre, em setembro de 2016.

Atividades de lazer no Minhocão
“Nós vamos manter as atividades de lazer aos sábados após o meio-dia e aos domingos. Vamos incrementar as atividades musicais e um pouco da gastronomia. Levar os food truck aos sábados e aos domingos”, disse em entrevista ao Programa Mariana Godoy, em outubro de 2016.

Manter a Avenida Paulista aberta para o lazer aos domingos
“A Avenida Paulista será preservada como uma área de lazer aos domingos”, declarou em sua página no Facebook, em setembro de 2016. “Vamos aprimorar um pouco mais o programa Paulista Aberta. Fazer pequenas intervenções de shows, música e teatros”, disse em entrevista ao site Catraca Livre, em setembro de 2016.

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here