Rua Galvão Bueno na Liberdade terá novo passeio ampliado para pedestres

A Secretaria de Transportes da cidade de São Paulo implantará um novo de passeio ampliado para pedestres a partir de 19/11/2016. Elaborado pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), em conjunto com a SP Urbanismo, o projeto prevê o alargamento da calçada da Rua Galvão Bueno, na região da Liberdade, por meio de pintura de solo na cor verde.

O objetivo é melhorar as condições de conforto e segurança para quem anda a pé, em vias onde há grande movimentação de pedestres. Esse é o caso da Rua Galvão Bueno que possui forte atrativo comercial e também de turismo.

Esta iniciativa faz parte do projeto “Centro Aberto” da Prefeitura de São Paulo que busca recuperar e ativar espaços públicos da região central de São Paulo. A proposta parte da renovação das formas de uso dos espaços já existentes, por meio do estímulo de novas atividades e da priorização de pedestres e ciclistas, proporcionando melhores condições de permanência e circulação no local.

O “Centro Aberto” vai ao encontro da atual política de mobilidade urbana que dá prioridade à circulação dos usuários mais vulneráveis do trânsito, pedestres e ciclistas. Priorizar o pedestre é uma determinação do Código de Trânsito Brasileiro e também, da Lei da Política Nacional de Mobilidade Urbana, segundo a qual o trânsito de pessoas se sobressai em face da estrutura viária historicamente voltada à circulação de automóveis (transporte individual motorizado).

Nesse contexto, a Rua Galvão Bueno, receberá um acréscimo no passeio para pedestres, no seu lado par e no trecho entre a Praça da Liberdade e Rua Américo de Campos, perfazendo uma extensão de 188 metros e a largura ampliada varia entre 1,5 e 3,5 metros. A largura da calçada já existente varia entorno de 3,00 metros.

Os levantamentos realizados indicam que em um domingo de compras, entre 9h e 19h, cerca de 64 mil pessoas circulam a pé pela Rua Galvão Bueno, em contraste a menos de 4 mil que passam de carro ou moto. Ou seja, os 5% que circulam em veículos motorizados tem à disposição 56% do espaço da rua, sendo a área restante – as estreitas calçadas – ocupada pelos pedestres, que representam 95% dos frequentadores. Em horários de pico, 25% das pessoas chegam a circular pelo asfalto, junto aos carros. Assim, com objetivo de estabelecer melhor equidade de uso do espaço público, o projeto prioriza a segurança e o conforto do pedestre, promovendo uma melhor experiência aos visitantes da região.

A partir de 02/01/17, nos finais de semana e feriados, esta via irá permanecer fechada para o trânsito veicular das 09h00 às 19h00. O tráfego em geral será desviado pela Rua Américo de Campos e Av. Liberdade atingindo novamente a Praça da Liberdade.

A CET irá monitorar as condições do trânsito visando preservar a segurança de todos os usuários da via.

Fale com a CET – Ligue 1188. Atende 24 horas por dia para informações de trânsito, ocorrências, reclamações, remoções e sugestões.

Deixe um comentário