Trans-Bus opera linhas de ônibus intermunicipais da Viação São José de Transportes no ABC

A Trans-Bus Transportes Coletivos começou a operar neste sábado em caráter emergencial três linhas intermunicipais que foram deixadas pela Viação São José de Transportes, do grupo da empresa Expresso Guarará, entre Santo André e São Caetano do Sul, no ABC.

A Expresso Guarará, responsável por 15 linhas municipais em Santo André deve deixar as operações no próximo sábado, dia 8.

O grupo tem enfrentado problemas financeiros e chegou entre o final do ano passado e início deste ano a ser gerenciado por Claudinei Brigliato, diretor da empresa de ônibus Suzantur, de Mauá.

A empresa é uma das cotadas para substituir as linhas municipais da Expresso Guarará, em Santo André. Os problemas se agravaram após a morte do fundador da Expresso Guarará, Sebastião Passarelli, em 2014.

O início das operações da Trans Bus nas linhas 043; 043BI1 – Represa; e 194 – Cata Preta foi relativamente tranquilo.

O blog Diário do Transporte acompanhou por duas horas na manhã deste sábado, a frequência dos veículos que passavam com média de intervalo de 25 minutos na região central de Santo André, na faixa entre 8h00 e 10h00.

Passageiros que estavam nos pontos não sabiam da mudança da empresa. Alguns reclamaram da demora para os ônibus passarem, mas não sentiram diferença em relação à Viação São José de Transportes.

Nesta sexta-feira, a EMTU informou que os ônibus da Trans-Bus deveriam cumprir a mesma tabela de horários que era da Viação São José de Transportes.

A maior parte dos ônibus da Trans Bus são dos anos 2008/2009, usados no sistema de linhas metropolitanas da empresa entre São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul.

A Viação São José de Transportes tinha alguns veículos comprados zero quilômetro em 2013, mas também rodava com ônibus fabricados antes de 1996.

Todos os veículos da Trans-Bus tem equipamentos de acessibilidade, como elevador para cadeira de rodas.

* Com informações do blog Diário do Transporte

Deixe um comentário