Trem e metrô do Rio de Janeiro têm recorde de embarques no período dos Jogos Olímpicos

Linha 4, que liga a Zona Sul do Rio à Barra da Tijuca, já registrou 945 mil embarques desde o início do Rio 2016

207
metrô do Rio de Janeiro
Trens são opção para chegar ao Parque Olímpico de Deodoro, ao Estádio Olímpico (Engenhão) e ao Maracanã (Foto: Rio 2016/Daniel Ramalho)

O transporte público é a melhor alternativa para o torcedor se deslocar no Rio de Janeiro durante os Jogos Olímpicos Rio 2016. E isso tem se confirmado nos números, com um aumento de 1,7 milhão de entradas no sistema de metrô da cidade entre os dias 5 e 14 de agosto.

Dessas entradas, 945 mil foram registradas na recém-inaugurada Linha 4, que liga a Zona ul do Rio à Barra da Tijuca, na Zona Oeste. No total, as três linhas do metrô, 1, 2 e 4, transportaram 7,6 milhões de passageiros desde o dia 5 de agosto, quando aconteceu a cerimônia de abertura dos Jogos Rio 2016.

Os trens da SuperVia, alternativa para chegar ao Parque Olímpico de Deodoro, ao Estádio Olímpico (Engenhão) e ao Maracanã, tiveram aumento de mais de 900 mil embarques entre 3 e 14 de agosto.

Estão incluídos na conta os dias anteriores à cerimônia de abertura nos quais foram disputadas partidas do torneio Olímpico de futebol no Rio de Janeiro.

O maior movimento na estação Engenho de Dentro, onde fica o Estádio Olímpico, aconteceu neste final de semana, quando ocorreram as disputas do atletismo. No sábado, dia 13 de agosto, foram 48.915 entradas, 10 vezes mais que os sábados fora do período dos Jogos.

E no domingo, dia 14 de agosto, quando correu a final dos 100 metros rasos, com ouro conquistado por Usain Bolt, houve recorde no sistema ferroviário: 26.283 embarques nesta estação, 12 a média dos demais domingos.

Deixe seu comentário