Manifestantes protestam contra o impeachment na Avenida Paulista

98

Policiais militares usaram bombas de gás lacrimogêneo contra manifestantes contrários ao impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff que protestavam na Avenida Paulista, em São Paulo, nesta segunda-feira (29). A confusão ocorreu na altura do Masp.

O grupo, que caminhava em direção ao Paraíso nas duas pistas da Avenida Paulista, chegou até o Masp às 18h50. Lá, a Polícia Militar fazia um bloqueio. O bloqueio ocorreu porque os manifestantes não divulgaram o itinerário do ato. Após as bombas serem jogadas, os manifestantes espalharam lixo pela via e atearam fogo.

A Tropa de Choque foi acionada para acabar com a manifestação. Por volta de 20h, caminhões da Polícia Militar entraram na avenida para jogar água na barricada feita pelos manifestantes. Bombas também foram jogadas.

Em seguida, a polícia passou a descer a Rua da Consolação atrás dos manifestantes. Na altura da Praça Roosevelt, mais bombas foram lançadas pelos policiais. Os últimos participantes do ato se dispersaram às 20h30.

O ato foi convocado pelo Povo Sem Medo e pela Frente Brasil Popular e começou pacífico às 18h20.

* Com informações do portal G1

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here