Geraldo Alckmin entrega nova Estação Rodoviária Dona Catharina Fernandes Welsh, em Nova Odessa

263
Foto: A2 Fotografia/Alexandre Moreira

O Governador Geraldo Alckmin entregou nesta segunda-feira, 27/06, as obras de reforma da Estação Rodoviária Dona Catharina Fernandes Welsh que faz parte do Corredor Metropolitano Vereador Biléo Soares e está localizada no trecho de ligação entre Nova Odessa, Americana e Santa Bárbara d’Oeste. Nesta data começam também as obras de construção da Estação de Transferência km 110 da Rodovia Anhanguera, em Sumaré.

A nova infraestrutura da estação, na qual foram investidos R$ 4,5 milhões, oferecerá mais conforto, segurança e mobilidade a cerca de 15 mil passageiros por dia. Em uma área de 3.658 m2, a nova Estação Rodoviária traz arquitetura moderna, com estrutura de concreto e cobertura metálica. Tem 14 baias de embarque e desembarque com capacidade para operação de 63 ônibus hora/pico, estacionamento com vagas para 20 veículos, 14 paraciclos (estacionamento de bicicletas), 10 bilheterias, 12 boxes comerciais e quatro quiosques.

Na área da nova rodoviária serão operadas sete linhas municipais, quatro metropolitanas gerenciadas pela EMTU/SP e sete rodoviárias gerenciadas pela Artesp, facilitando a integração física entre as modalidades de transporte e propiciando maior mobilidade à população da Região Metropolitana de Campinas.

Serviços realizados

– troca total do pavimento existente e dos sistemas elétrico e hidráulico
– troca das telhas metálicas da cobertura
– instalação de itens de acessibilidade, como rampas de acesso para pessoas com deficiência e dispositivos nos banheiros públicos
– número de banheiros ampliado de duas para quatro unidades, com reforma dos existentes
– reconstrução de oito baias existentes e a construção de mais seis, totalizando agora 14 para embarque e desembarque dos passageiros
– ampliação do número de guichês de duas para 10 unidades
– ampliação da área comercial, incluindo instalação para lanchonete
– novas áreas de espera para acomodação dos usuários

Linhas de ônibus da Estação Rodoviária

Linhas municipais

400 – Jd. São Francisco – Centro
405 – Klavin – Centro – Hospital
410 – Lopes Igle – Jd. Eneide
415 – Klavin – Centro – Santa Rita
420 – Fazenda Velha – Centro – Santa Rita
430 – Vila Azenha – Centro
440 – Triunfo – Santa Rita II

Linhas metropolitanas – EMTU

635 – Americana (Rodoviária) – Campinas (Rodoviária) via Sumaré 640 – Americana (Rodoviária) – Sumaré (Jd. Picerno)
642 – Americana (Rodoviária) – Campinas (Unicamp), via Sumaré
644 – Americana (Rodoviária) Sumaré (Rodoviária)

Linhas intermunicipais da Artesp

Nova Odessa – São Paulo
Nova Odessa – Litoral (Santos/Praia Grande)
Nova Odessa – ABC
Nova Odessa – Osasco
Nova Odessa – São Pedro via Piracicaba e Águas de São Pedro
Nova Odessa – Jundiaí
Americana – São Paulo, via Nova Odessa

Início de obras da Estação do km 110 – Rodovia Anhanguera

Também começa nesta sexta-feira (24) a construção da Estação km 110 da Rodovia Anhanguera, em Sumaré, que faz parte do das obras complementares do Corredor Metropolitano Vereador Biléo Soares no trecho Hortolândia – Campinas, de 4,8 km de extensão.

Terá 1.040 m2 de área, quatro plataformas para embarque e desembarque de cerca de 13 mil usuários de quatro linhas metropolitanas e duas municipais, além de 13 paraciclos para estacionamento de bicicletas e duas bilheterias. O investimento nesta estação será de R$ 6,4 milhões.

Trecho Nova Odessa/Americana/Santa Bárbara D’Oeste

Além da reforma da Estação Rodoviária Dona Catharina Fernandes Welsh, neste trecho do corredor foram entregues o Rodoterminal de Santa Bárbara d’Oeste, em agosto de 2015, a Estação de Transferência Nova Odessa e viário de 5,7 km da Av. Ampélio Gazetta, com faixa exclusiva para ônibus, além do início da operação parcial do Terminal Metropolitano Americana no último mês de maio.

Estação de Transferência Amizade e a Parada Alfredo Contatto, em Santa Bárbara D’Oeste, estão prontas para receber a comunicação visual para orientação dos usuários.

A pavimentação de 3 km e a instalação da sinalização vertical e horizontal, nos dois sentidos, da Avenida São Paulo, na mesma cidade, serão realizadas ainda neste ano.

Nova licitação

O edital de concorrência pública para a contratação de nova empresa para a finalização das obras desse trecho, em decorrência da rescisão do contrato com a antiga construtora, será publicado na segunda quinzena de julho e prevê para 2017 as seguintes obras:

– Entrega total do Terminal Metropolitano Americana
– Paradas Juruema e Mônaco na Av. Europa – Americana
– Estações de Transferência Ribeirão dos Toledos e São Paulo – Santa Bárbara D’Oeste
– Paradas Limeira e Algodão, na Av. São Paulo – Santa Bárbara D’Oeste
– Prefeito Isaias e Tivoli, na Av. Laura Santos – Santa Bárbara D’Oeste
– Novo viário no trecho da fazenda – Santa Bárbara D’Oeste

Esta ligação de 24,4 km de extensão, com 13,6 km de faixa exclusiva, está com cerca de 80% dos trabalhos concluídos.

Obras complementares

Além da construção da Estação de Transferência km 110 da Rodovia Anhanguera, em Sumaré, para este trecho de 4,8 km, que liga Hortolândia a Campinas, serão entregues no próximo mês de julho a Estação de Transferência Pinheiros e a Parada Emancipação, em Hortolândia.

O término deste trecho está previsto para 2017 com a entrega das seguintes obras:

– Estação de Transferência km 110 da Rodovia Anhanguera – Sumaré
– Duas alças de acesso à SP-101 sobre a ferrovia – Hortolândia
– Terminal Metropolitano Rosolém – Hortolândia
– Estação Transferência Peron – Hortolândia
– Parada III da Av. Lix da Cunha – Campinas
– Cinco estações de embarque e desembarque.

Deixe seu comentário