Emissão de novas carteiras de habilitação cai 20% em São Paulo

90
Carteira Nacional de Habilitação
Foto: Reprodução

As emissões da 1ª carteira de habilitação no Estado de São Paulo diminuíram 20% em 2015 em comparação com o ano anterior, mostra um novo balanço divulgado pelo Detran-SP (Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo).

No ano passado, o Detran emitiu carteiras de motorista para 663 mil novos condutores no Estado. Mas o número foi maior nos dois anos anteriores: 826,3 mil em 2014 e 788,7 mil em 2013.

A situação foi a mesma na capital paulista: 147 mil motoristas se habilitaram em 2015, contra 175,5 mil em 2014 e 157,4 mil em 2013.

Para o consultor em engenharia de transportes Luiz Célio Bottura, o principal motivo da queda é a crise econômica pela qual o país passa. “Autoescola é um negócio, e o exame de habilitação faz parte disso. É o mesmo que acontece com a indústria automobilística: todos os negócios no Brasil estão parados. O desemprego, a insegurança, tudo isso leva as pessoas a postergarem certas despesas”, diz.

INFRAÇÕES

As infrações mais registradas no Estado pelo departamento de trânsito foram, como no ano anterior, pela falta de regularização da documentação do veículo em casos de emplacamento ou venda dentro do prazo de 30 dias (673,3 mil ocorrências).

Na sequência, aparecem: condução de veículo não registrado (242,8 mil casos), deixar de usar o cinto de segurança (159 mil), dirigir sem possuir CNH ou permissão (147,4 mil) e conduzir veículos sem os documentos de porte obrigatório (132 mil).

O ranking de infrações é o mesmo na capital paulista.

Fonte: Folha de São Paulo

Deixe seu comentário