Motoristas enfrentam estradas congestionadas na volta a São Paulo

Os motoristas que estão voltando para São Paulo após o feriado de Tiradentes enfrentam trânsito lento desde o final da manhã deste domingo (24).

Veja abaixo a situação nas estradas paulistas, com situação atualizada às 15h30, quando havia ao menos 167 km de estradas lentas.

Litoral Sul

O Sistema Anchieta-Imigrantes, administrado pela concessionária Ecovias, está em operação Subida (2×8): A subida é feita pelas duas pistas da rodovia dos Imigrantes e pela pista norte da rodovia Anchieta. Para descer, os motoristas têm somente a pista sul da via Anchieta. O sistema começou a apresentar lentidão por volta das 11h.

Na saída de Praia Grande, a Imigrantes já apresenta tráfego normalizado. Até as 14h30, havia lentidão do km 70 ao 65 por excesso de veículos.

O tráfego está congestionado na rodovia Cônego Domenico Rangoni, na saída do Guarujá, do km 249 ao 260.

A rodovia Padre Manoel da Nóbrega também está congestionada no sentido São Paulo, mas com volume menor de carros na comparação com o final da manhã, do km 280 ao km 277, por excesso de veículos.

Desde às 0h de quarta-feira (20), quando se iniciou a contagem do feriado, mais de 343 mil veículos desceram a serra em direção à Baixada Santista. No sentido da capital paulista, a concessionária registrou a passagem de mais de 233 mil veículos.

No trecho entre São Sebastião e Guarujá na rodovia Rio-Santos, o tráfego é intenso com alguns pontos de lentidão no sentido Guarujá.

Litoral Norte

A rodovia Rio-Santos tem tráfego intenso no sentido Ubatuba. Já no sentido Caraguatatuba, o trânsito é lento com vários pontos de parada entre os km 62 e 100, segundo o DER (Departamento de Estradas de Rodagem).

Na rodovia dos Tamoios não há pontos de parada, segundo a concessionária Tamoios, mas o tráfego é intenso no sentido capital, tanto no trecho de serra como no trecho que vai do km 11 ao km 60.

A Mogi-Bertioga tem trânsito lento no sentido Mogi das Cruzes do km 75 ao km 63.

Já a Oswaldo Cruz tem tráfego intenso na subida a Taubaté, com lentidão entre os km 94 e 78.

O corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto tem trânsito lento em apenas um ponto no sentido da capital: do km 86 ao km 75, na região de Jacareí, segundo a concessionárias Ecopistas.

Interior

Na rodovia Presidente Dutra, que liga São Paulo ao Rio de Janeiro, há três pontos de lentidão no sentido São Paulo e dois pontos de lentidão no sentido Rio de Janeiro.

O primeiro ponto de parada rumo à capital paulista está na região de Pindamonhangaba, do km 86 ao 87, por excesso de veículos. Mais adiante, o trânsito para e anda do km 99 ao 107. E logo à frente, do km 112 a 113, em Taubaté, mais um ponto de lentidão por excesso de veículos.

Na rodovia Fernão Dias, que liga as capitais paulista e mineira, há lentidão do km 44 ao km 58 no sentido São Paulo. No sentido Belo Horizonte, o fluxo segue sem restrições.

A rodovia Raposo Tavares tem trânsito intenso com pontos de lentidão nos dois sentidos, segundo o DER (Departamento de Estradas de Rodagem).

A rodovia Anhanguera tem um ponto de parada no sentido São Paulo em razão de um acidente do km 62 ao km 60.

Já a rodovia dos Bandeirantes apresenta dois pontos de lentidão no sentido capital. O primeiro na região de Jundiaí, do km 68 ao km 58. E o segundo, do km 17 ao km 13, na chegada à capital, como reflexo de congestionamento nas marginais.

A rodovia Castello Branco tem trânsito normal no sentido interior, mas três pontos de lentidão no sentido capital. O primeiro está entre Itu e São Roque, do km 73 ao 56. O segundo, em Araçariguama, vai do km 53 ao 52. O terceiro é reflexo de um acidente, forçando a lentidão dos veículos dos kms 44 a 39.

Na Régis Bittencourt, que interliga São Paulo ao Paraná, há congestionamento em vários trechos no sentido São Paulo também devido ao excesso de veículos. Em um trecho na Serra do Cafezal, região de Miracatu, o tráfego é lento entre os km 368 e 355.

* Atualização: 16h04

Fonte: R7

Deixe um comentário