Trens circulam com intervalos maiores na Linha 7-Rubi da CPTM

259
Estação Francisco Morato da Linha 7-Rubi (Foto: Reprodução/Rede Globo)

Os trens circularam com intervalos maiores e redução de velocidade na Linha 7-Rubi da CPTM nesta segunda-feira (14), três dias depois que fortes chuvas atingiram a Grande São Paulo, alagando estações.

A circulação foi alterada entre as estações Francisco Morato e Campo Limpo Paulista, com maiores intervalos entre os trens e maior tempo de viagem, circulação por via única, para a realização de obras de recuperação da via. Na região da estação Botujuru parte dos trilhos em uma das vias foram danificados. Ônibus especiais foram disponibilizados como alternativa para os usuários no trecho.

Na Linha 7-Rubi, passageiros passaram a madrugada ilhados dentro das estações Francisco Morato, Caieiras, Perus e Franco da Rocha por conta das chuvas que começaram na noite de quinta-feira (10) na região metropolitana. A circulação chegou a ser interrompida entre as estações Caieiras e Jundiaí, um trecho de 31 km.

Os usuários dos trens relataram estações alagadas e falta de energia elétrica. A cidade de Franco da Rocha que abriga umas das estações ficou debaixo d’água e quem saía de casa enfrentava água na altura da cintura.

Deixe seu comentário