Trânsito em São Paulo causa 276 km de congestionamento e bate recorde de lentidão de 2016

357
Motoristas enfrentam trânsito no sentido leste e oeste do viaduto Júlio de Mesquita Filho, no bairro da Bela Vista, na região central de São Paulo. (Foto: William Volcov/Brazil Photo Press/Folhapress)

A chuva e o excesso de veículos fizeram com que a cidade de São Paulo batesse, nesta quarta-feira (23), o recorde de lentidão de 2016. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrou, às 19h, 276 km de congestionamento na capital.

O recorde anterior deste ano foi registrado em 18 de março, quando a CET fez registro de 270 km de filas em toda a cidade, às 18h. No dia, uma manifestação bloqueou a Avenida Paulista, na região central da capital, por cerca de seis horas.

Um dos fatores que influenciou o aumento do trânsito no fim da tarde e começo da noite desta quarta foi a véspera de feriado – parte das empresas e escolas da capital concedem feriado também na quinta, antecipando o deslocamento dos paulistanos que viajarão nesse período.

Às 19h30, os quatro maiores pontos de lentidão da capital, segundo a CET, eram:

– Marginal Pinheiros, sentido Interlagos da pista expressa, depois de Alexandre Mackenzie até a Ponte Transamérica, com 15,3 km de lentidão.

– Marginal Tietê, no sentido Ayrton Senna, na pista expressa, de Velha Fepasa até Corinthians, também com 15,3 km de lentidão. Na pista local, mesmo sentido, da Júlio de Mesquita Neto até o Tatuapé, mais 10,1 km de lentidão.

– 23 de Maio, no sentido Santana da Pista Expressa, de João Julião de Aguiar até Bandeira, com 8,7 km de lentidão.

– Avenida dos Bandeirantes, sentido Imigrantes, da Marginal Pinheiros até Aliomar Baleeiro, 7,1 km de lentidão.

O maior índice de trânsito já registrado pela CET foi de 344 km de lentidão e aconteceu no dia 23 de maio de 2014, às 19h. A companhia faz os registros desde 2004.

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here