Manifestantes bloqueiam parcialmente a Avenida Paulista

224
Foto: Rádio Bandeirantes

Manifestantes permanecem na manhã desta quinta-feira (17) na Avenida Paulista protestando contra a nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro da Casa Civil. O protesto teve início na noite desta quarta-feira (16).

Nesta manhã, o grupo de manifestantes diminuiu, mas a Avenida Paulista permanece bloqueada entre as ruas Peixoto Gomide e Pamplona, em frente à sede da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), em ambos os sentidos. E não há previsão de liberação da via. O grupo diz que irá continuar protestando até a presidente Dilma Rousseff deixar o cargo.

Com isso, o desvio para o motorista que pretende seguir pelo sentido Rua da Consolação acontece pelas Alamedas Campinas e São Carlos do Pinhal. No sentido Paraíso, o desvio acontece pela Rua Peixoto Gomide e Alameda Santos.

A Polícia Militar solicitou que apenas as faixas de ônibus fossem desocupadas para não prejudicar o descolamento das pessoas que precisam chegar ao trabalho nesta manhã, mas o pedido não foi atendido.

O grupo promete fazer uma vigília no local até a noite desta quinta-feira, quando está marcado outro protesto contra o governo.

Nem mesmo ônibus puderam passar pela avenida (Foto: Pedro Campos/Rádio Bandeirantes)

* Atualização: 11h20

Deixe seu comentário