Corredor Dom Pedro deve receber 570 mil veículos durante o feriado da Páscoa

A Rota das Bandeiras, concessionária responsável pelo Corredor Dom Pedro, espera a passagem de 570 mil veículos nas rodovias que formam o sistema, entre a quinta-feira (24/3) e as 23h59 de domingo (27/03), durante o feriado da Páscoa. A expectativa de tráfego neste ano é 5% menor do que a de 2015.

O maior movimento deve ficar concentrado na rodovia D. Pedro I (SP-065), com 380 mil veículos. A via serve como o principal meio de ligação entre a Região Metropolitana de Campinas (RMC) e as praias do Litoral Norte, além de interligar importantes rodovias como Anhanguera (SP-330), Fernão Dias (BR-381) e Presidente Dutra (BR-116).

Segundo previsão do gestor de Tráfego da Rota das Bandeiras, José Carlos Guimarães, o maior volume de trânsito na saída do feriado deve ser registrado entre as 18h e 21h de quinta-feira, dia 24, e das 8h às 11h de sexta-feira, dia 25. Na volta, o pico deve acontecer das 17h às 21h de domingo, dia 27.

Para garantir a segurança dos usuários, guinchos e ambulâncias ficarão posicionados em pontos estratégicos, de forma a ampliar a agilidade em casos de socorros médicos e mecânicos.

Além de guinchos, ambulâncias e veículos de inspeção, as rodovias contarão com o monitoramento especial, realizado 24 horas pelas 79 câmeras do Centro de Controle Operacional (CCO) da Concessionária.

Os motoristas que precisarem do auxílio da Rota das Bandeiras deverão entrar em contato com a Concessionária por meio do telefone 0800-770-8070. O serviço é gratuito e funciona 24 horas.

Outras rodovias

Também na região de Campinas, a rodovia Prof. Zeferino Vaz (SP-332) deverá receber 92 mil veículos durante o feriado. Na rodovia Eng. Constâncio Cintra (SP-360), que liga as cidades de Itatiba e Jundiaí, são esperados 80 mil veículos, enquanto a rodovia Romildo Prado (SP-063), entre Itatiba e Louveira, deverá receber 18 mil veículos.

A Rota das Bandeiras é uma empresa da Odebrecht Rodovias, que reúne os investimentos da Odebrecht TransPort em concessões rodoviárias. A Odebrecht TransPort desenvolve, implanta e opera projetos nas áreas de mobilidade urbana, portos, aeroportos e sistemas integrados de logística.

Deixe um comentário