Operação Dá Licença para o Ônibus: São Paulo chega a 500 km de faixas exclusivas com a inauguração de novos trechos nesta segunda-feira, 29

325

A partir desta segunda-feira (29/02), a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e a São Paulo Transporte (SPTrans) implantam mais 4,2 km de faixas exclusivas à direita no viário destinadas ao transporte coletivo. Somados aos 496,1 km já existentes, a cidade passa a contar com 500,3 km de trajetos específicos para os ônibus.

Até 2012, a cidade possuía somente 90 km de faixas exclusivas. Seguindo a política de valorização do transporte público, a Administração vem implementando uma grande malha em todas as regiões. Num primeiro momento, a meta de implementação era de 150 km. Diante dos resultados expressivos em benefício dos usuários a programação foi ampliada e se tornou permanente.

“As faixas exclusivas têm tido um papel fundamental no processo de democratização do viário, seja por atender os passageiros, que tiveram uma redução de quatro horas por semana em suas viagens, seja por contribuir para organizar o fluxo do trânsito em geral, já que as faixas delimitam os espaços para os respectivos veículos”, afirma o secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto.

Os novos trechos de faixa exclusiva à direta que serão implantados na próxima segunda-feira (29/02) encontram-se discriminados na tabela abaixo, bem como em folhas informativas anexas:

 

Alterações no sistema viário

Implantação de faixa para conversão à esquerda na Rua Augusta, sentido Centro, junto a Rua Caio Prado. Os ônibus provenientes da Rua Augusta, sentido Centro, poderão fazer a conversão à esquerda na Rua Caio Prado, em direção à Rua da Consolação;

Retirada da conversão à esquerda na Avenida Eliseu de Almeida, em ambos os sentidos desta avenida, para a Avenida dos Três Poderes e para a Rua Antônio Mariani;

As ativações estão inseridas na Operação Dá Licença Para o Ônibus, cujo objetivo é priorizar a circulação do transporte coletivo, contribuindo para a melhoria do desempenho dos ônibus nos corredores. Com isto, busca-se a redução dos tempos de viagens com padrões de eficiência, conforto e segurança para os usuários do transporte público.

Fiscalização

A ativação da nova faixa exclusiva terá um período de adaptação de duas semanas, quando os agentes de trânsito irão orientar os motoristas para não invadirem o espaço nos horários definidos para a exclusividade dos ônibus. A partir de 15/03, começam as autuações a quem desrespeitar a nova faixa exclusiva. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), transitar na faixa exclusiva de ônibus é uma infração gravíssima, com perda de 7 pontos na habilitação e multa de R$ 191,54.

Independente disso, a orientação é para que todos os motoristas respeitem a faixa exclusiva desde o início da implantação da mesma.

A Engenharia de Campo da CET irá acompanhar o desempenho da nova faixa exclusiva, visando melhorar as condições de trânsito e preservar a segurança viária de todos os usuários.

Fale com a CET – Ligue 1188. Atende 24 horas por dia para informações de trânsito, ocorrências, reclamações, remoções e sugestões.

Deixe seu comentário