Temporal deixa regiões de São Paulo em estado de atenção para alagamentos

A chuva que atingiu a cidade de são Paulo na tarde desta quinta-feira (24), véspera de Natal, deixou vários bairros das Zonas Leste e Norte em estado de atenção para alagamentos.

De acordo com o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), órgão da Prefeitura de São Paulo, os bairros da Vila Prudente, São Mateus, Cidade Tiradentes, Aricanduva, Vila Formosa, Itaquera, Guaianases e Sapopemba ficaram em estado de atenção desde às 15h10. Os demais bairros da região entraram em estado de atenção às 16h.

Já na Zona Norte, os bairros da Vila Maria, Vila Guilherme, Santana, Jaçanã, Tremembé e a Marginal Tietê entraram em estado de atenção às 16h45.

As zonas oeste e sul e a marginal Pinheiros entraram em atenção às 19h08, após as zonas leste e norte se normalizarem. Às 19h40, o córrego Morro do S, na altura da avenida Carlos Caldeira Filho com a rua Túlio Mugnaini, no Campo Limpo, zona sul, transbordou. O Córrego Pirajussara, perto da avenida Professor Francisco Morato com a rua Jantucci, também trasbordou às 19h50.

Também choveu forte em Santo André, Suzano, Mauá e Ribeirão Pires, nas regiões do ABC e Grande São Paulo.

A zona leste foi a mais afetada pela chuva: em São Mateus, foram 35,5 mm, no Itaim Paulista, 33,5 mm e em Cidade Tiradentes, 18,8 mm.

Meteorologistas do CGE informaram que a chuva desta quinta ocorre em consequência de áreas de instabilidades, associadas ao forte calor com a alta disponibilidade de umidade na atmosfera, reforçadas pela entrada da brisa marítima. Inicialmente, a chuva começou na região do ABC paulista e se desloca pela zona leste e norte da cidade.

Toda a situação foi normalizada na cidade às 20h15.

Previsão do tempo

De acordo com o CGE, os próximos dias seguem com alta probabilidade de chuvas fortes.

No sábado (26), as chuvas voltam a ocorrer entre o meio da tarde e início da noite, com forte intensidade, acompanhadas de trovoadas com raios e eventuais rajadas de vento. De acordo com o CGE, há grande probabilidade para a formação de alagamentos e transbordamento de rios e córregos.

Deixe um comentário