Reintegração de posse prejudica trânsito no Rodoanel

Uma parte do trecho Oeste do Rodoanel ficou totalmente interditada no início da manhã desta terça-feira (9) por causa de reintegração de posse de um terreno em Osasco, na Grande São Paulo. O Rodoanel Oeste ficou totalmente bloqueado nos dois sentidos entre os km 16 e 6, da saída da Anhanguera até a saída da Castelo Branco. Os acessos da Bandeirantes e da Raposo Tavares para o Rodoanel sentido Castelo também ficaram fechados.

Para chegar à capital, o motorista tinha que pegar a Avenida Raimundo Pereira de Magalhães, e acessar a Marginal Tietê. Em direção a Perus, era necessário seguir pelas pistas marginais da Castelo Branco e Anhaguera.

A liberação deste trecho do Rodoanel foi liberado por volta de 8h30, depois de três horas fechado nos dois sentidos. Após a liberação do Rodoanel, o motorista enfrentava 3 km de lentidão no sentido Bandeirantes, do km 13 ao km 10. No sentido litoral o tráfego estava fluindo bem, segundo a CCR Rodoanel Oeste.

Cerca de 700 policiais deram apoio aos oficiais de Justiça que cumprem um mandado de reintegração de posse em um terreno com cerca de 412 mil m² perto do Rodoanel.

Segundo a Polícia Militar, de 12 mil a 15 mil pessoas vivem na área, conhecida como Comunidade Nelson Mandela. A PM informou que a reintegração de posse na ocupação Nelson Mandela continuava em andamento até por volta de 9h e seguia de forma pacífica. A área foi ocupada em fevereiro de 2014, e há cerca de 3 mil moradias, entre barracos de madeira e casas de alvenaria.