Câmara aprova reforma que prevê desapropriações na Avenida Santo Amaro

240

A Câmara aprovou na noite desta terça-feira (23) um projeto para revitalização da avenida Santo Amaro, o que deve resultar na desapropriação de imóveis na via, na zona sul da cidade. Foram 45 vereadores favoráveis e outros cinco contrários.

O projeto da gestão Fernando Haddad (PT), que agora irá à sanção do prefeito, pretende renovar o corredor de ônibus que existe ali desde 1987 e passa por um processo de degradação. Também prevê obras de contenção de enchentes, enterramento de fios, novas redes de iluminação e semáforos.

Para fazer a reforma no corredor foi necessário alterar a Operação Urbana Faria Lima, conjunto de regras para o desenvolvimento da região da avenida Brigadeiro Faria Lima.

Segundo o projeto, as áreas desapropriadas serão para recuperação econômica e social da área.

Mesmo com recursos escassos para investimentos, a administração não deve ter problemas para levar a obra adiante, já que a verba que será usada sairá do fundo da operação urbana. Esse fundo é abastecido por meio das contrapartidas que as construtoras pagam ao município para poder construir na região.

Com a aprovação do projeto, construtoras poderão construir imóveis de até duas vezes o tamanho do terreno.

O projeto pretende também melhorar o desempenho do corredor de ônibus, hoje um dos mais lentos da cidade –a velocidade média no pico da tarde é de 7,7 km/h, quando a meta estipulada seria de 20 km/h.

O texto deve ser sancionado nos próximos 60 dias.

Os vereadores também aprovaram uma alteração ao projeto que separa 30% do fundo da Operação Urbana Faria Lima para construção de habitações para população de baixa renda. A emenda é do vereador Andrea Matarazzo (PSDB).

Também foi aprovado um projeto que permite que a prefeitura venda imoveis públicos sem consultar a Câmara.

Fonte: Folha de São Paulo

Deixe seu comentário