Passageiros usam ‘tomada secreta’ para carregar celular nos trens da CPTM

1161

Ficar sem bateria no meio do caminho não é mais problema para os passageiros da linha 8-diamante da CPTM, que liga Itapevi, na Grande São Paulo, à estação Júlio Prestes, no centro da capital.

Eles encontraram tomadas ao lado dos bancos, cobertas por uma capa branca, e passaram a usá-las para carregar seus celulares durante a viagem.

As tomadas ficam nas composições da série 8000, que foram compradas a partir de 2011 e tem os vagões interligados por dentro. Nesses modelos de trem, a reportagem encontrou uma tomada em cada carro de passageiros, com voltagem de 220v. Elas ficam entre os bancos, junto à parede.

“Aproveito o tempo no trem para conversar com a minha filha pelo celular. As tomadas me salvam, pois não tenho dinheiro para comprar um aparelho com bateria que dure mais”, conta Matlide Santos, 66, diarista que mora em Itapevi.

“Se minha bateria acaba, fico tranquila porque posso carregar no trem”, comenta a vendedora Andressa Cardoso, 25. ” Um dia estava atrasada e pensei em usar a tomada do trem para arrumar meu cabelo, mas como tem câmeras, fiquei com medo de ser advertida”, revela.

O estudante Lucas Miranda, 24, soube da novidade ao ver uma garota usando. “Passo uma hora seguida no trem e sofri diversas vezes com falta de bateria no celular. Já aconteceu de estar em pé e pedir para a pessoa que estava sentada ligar o carregador pra mim.”

Segundo a CPTM, todos os trens possuem tomadas para equipamentos de limpeza e manutenção. “Elas servem para ligar aspiradores de pó e parafusadeiras, por exemplo”, informou a assessoria de imprensa da companhia. Ficam ocultas porque não se destinam ao público em geral. Entretanto, não há punição para quem utilizá-las.

diaman9

Fonte: Folha de São Paulo

Deixe seu comentário