Palmeirense morre após ser espancado por santistas na estação de trem Calmon Viana da CPTM

Um torcedor do Palmeiras teve morte cerebral após ter sido espancado por santistas na noite de domingo (26) na estação Calmon Viana da CPTM, na região de Poá, Grande São Paulo. Cláudio Fernando Mendes Cardoso de Morais, de 25 anos, conhecido como “Dudu da Mancha”, voltava do primeiro jogo da final do Paulistão deste ano com a namorada e um amigo, quando foram abordados por integrantes da Torcida Jovem, do Santos.

Claudio teria sido interceptado logo que desceu do ônibus porque estava com o agasalho da torcida Mancha Alviverde e de bermuda. Em sua perna esquerda, havia uma tatuagem da torcida organizada palmeirense. Por isso, ele foi reconhecido. Morador da zona norte de São Paulo, ele tinha ido levar a namorada em casa.

A vítima chegou a ser levada ao hospital Santa Marcelina, no Itaim Paulista, zona leste de São Paulo, onde ficou internada até às 17h desta segunda-feira (27). O caso foi registrado na delegacia de Poá e, até o momento, a polícia não identificou os autores do crime.

Em seis meses, é o segundo torcedor do Palmeiras morto por torcedores do Santos. O amigo de Cláudio também foi espancado, mas conseguiu escapar em um dos trens que passou pela estação. A namorada da vítima conseguiu correr e foi abrigada por moradores da região. As identidades deles foram preservadas por segurança.

Em um áudio obtido pela reportagem do portal da RedeTV!, a namorada de Cláudio relatou o ocorrido: “Nós estávamos vindo do jogo. Como eu moro na zona leste, tava eu e o amigo dele. Aí eu ia buscar minha filha na casa do pai dela. Ele pegou e falou que eu não ia sozinha, que ele ia me levar. Eu falei: não precisava descer na estação, já que ele me trouxe até o Romano”, diz.

“Ele teimou. Brigou comigo que ia descer para eu não andar sozinha. O amigo dele estava de Mancha, e um cara veio e grudou nele. Nisso, ele foi e bateu no cara. Ele foi para cima. Quando eu olhei, tinha uns caras da Jovem atrás dele com barra de ferro. O segurança da estação falou que tinha 15 caras atrás de mim. Eu tava com a bandeira e a blusa. Um pessoal da estação socorreu ele”, afirma.

O segundo jogo da final do Campeonato Paulista ocorre no próximo domingo, dia 3 de maio. No entanto, a venda dos ingressos para a torcida palmeiras acontecerá apenas nesta quinta-feira (30), nas bilheterias no estádio Vila Belmiro. Na mesma região, ficam as torcidas organizadas Sangue Jovem e Torcida Jovem.

Nas redes sociais e em aplicativos de celular, torcedores do Palmeiras confirmam que ele era integrante da Mancha e pregam remanche. À reportagem, um torcedor santista disse que as informações já chegaram até a sede da Jovem, que, por sua vez, não teria concordado com a “covardia” cometida contra Cláudio.

Fonte: Portal Rede TV

Deixe um comentário