Manifestação interrompe circulação de trens da Linha 11-Coral da CPTM

266

Grupo de camelôs da Feirinha da Madrugada teria obstruído a via com madeira em chamas

Cerca de 20 manifestantes provocaram interrupção na circulação dos trens da linha 11-Coral da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), na tarde desta quarta-feira (22). De acordo com a companhia, o grupo é formado por camelôs da Feirinha da Madrugada.

Segundo a CPTM, por volta das 13h, os manifestantes pularam o muro e invadiram a linha férrea. Eles colocaram pedaços de madeira com fogo na via provocando interrupção nos dois sentidos entre as estações Brás e Luz.

Os seguranças da companhia tiraram os manifestantes do local e desobstruíram a linha férrea. Por volta das 13h30, a circulação dos trens voltou ao normal, mas os usuários ainda encontram lotação nas plataformas.

Os camelôs continuam com a manifestação contra ação da Prefeitura de São Paulo, que prevê a retirada de 1.500 boxes da área. Por volta das 14h, o grupo ocupava parcialmente a avenida do Estado, próximo da rua Paula Souza.

Sabino Neto, presidente da Acircom (Associação do Circuito das Compras), informou que cerca de 300 comerciantes participam da manifestação. Entre as principais reivindicações do ato, estão melhores condições de trabalho. Segundo Neto, a decisão da prefeitura tem impacto negativo às vésperas da comemoração do “Dia das Mães”, data importante para o comércio.

Fonte: R7

Deixe seu comentário