Estação Luz da CPTM recebe exposição fotográfica sobre doenças raras

128

Objetivo é conscientizar a população e autoridades sobre as doenças genéticas raras, como é o caso da Mucopolissacaridos

A exposição fotográfica “Eu Luto pela Vida” desembarca nesta quarta, 25, na estação Luz da CPTM. A proposta é conscientizar a população e autoridades sobre as doenças genéticas raras e a importância do diagnóstico precoce. O destaque da mostra será a Mucopolissacaridose (MPS), enfermidade progressiva e rara que acomete 1 a cada 25 mil crianças.

Promovida pela Associação Paulista de Mucopilssacaridose e Doenças Raras, a ação integra programação das comemorações do Dia Internacional das Doenças Raras, celebrado em 25 de fevereiro.

Sobre a MPS

A MPS é uma doença que evolui rapidamente. Causada por erros inatos do metabolismo, que levam ao acúmulo de glicosaminoglicanos no organismo, os primeiros sinais, como baixa estatura e otite de repetição, nem sempre geram suspeitas.

Entre os principais sintomas estão o aumento do crânio e da língua, má-formação dos dentes, rigidez das articulações, compressão da medula espinhal, apneia, insuficiência de válvulas cardíacas, hérnia inguinal ou umbilical e aumento do fígado ou do baço.

SERVIÇO
Exposição “Luto pela Vida” na estação Luz da CPTM
Data: de 25/02 a 02/03
Local: saguão principal

Do Portal do Governo do Estado

Deixe seu comentário