Números da Mobilidade Urbana em São Paulo e região metropolitana

Números da Mobilidade Urbana em São Paulo e região metropolitanaNúmeros da Mobilidade Urbana

A cidade de São Paulo tem uma população de mais de 12 milhões de habitantes, o número preciso são 12.106.1920 de habitantes (estimativa de 2017), de acordo com os dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Realizamos a apuração de dados importantes sobre mobilidade urbana na capital paulista e reunimos abaixo.

ÔNIBUS NA CAPITAL PAULISTA

O sistema de ônibus da capital paulista é operado por 16 consórcios, formados por empresas e cooperativas, responsáveis pela operação de 15 mil veículos em mais de 1.300 linhas. Nos 28 terminais urbanos da capital paulista, circulam mais de 1,5 milhão de pessoas, por dia. Em 2016, segundo dados da SPTrans, foram registrados 2.915.344.011 de passageiros transportados, cerca de 8 milhões de pessoas por dia.

ÔNIBUS MUNICIPAIS DE GUARULHOS

A cidade de Guarulhos, na região metropolitana, tem uma população de mais de 1 milhão de habitantes, o número preciso são 1.349.113 de pessoas (estimativa de 2017), de acordo com os dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

A demanda de passageiros transportados nas linhas de ônibus municipais em 2016 foram de 43.259.196 de passageiros na Viação Vila Galvão, 34.903.705 passageiros na Viação Urbana Guarulhos e 33.995.673 passageiros na Viação Campos dos Ouros. Nos permissionários alimentadores foram 39.794.881 passageiros, na rede noturno foram 89.976 passageiros e nos seletivos foram 710.478 passageiros, de acordo com os dados que obitvemos por meio da Lei de Acesso à Informação.

CARROS, CAMINHÕES, MOTOS E OUTROS VEÍCULOS EM SÃO PAULO

Os carros correspondem ao tipo de veículo que mais roda nas vias da capital paulista, segundo dados do IBGE de 2016 foram 5.442.775 veículos. Os outros veículos são: motocicleta (895.211), motoneta (145.844), caminhão (127.327), caminhonete (461.384), camioneta (422.974), utilitário (107.781), outros (91.552), ônibus (44.242), micro-ônibus (37.853) e caminhão trator (24.997).

De acordo com os dados do Inventário de Emissões Atmosféricas do Transporte Rodoviário de Passageiros no Município de São Paulo, lançado no dia 23 de maio de 2017, pelo Instituto de Energia e Meio Ambiente (Iema), os carros transportam apenas 30% das pessoas na cidade, mas ocupam 88% do espaço das vias. Os ônibus municipais transportam 40% dos cidadãos, mas só ocupam 3% das vias.

“É preciso investir maciçamente no transporte público, tanto em qualidade quanto em quantidade. Porque há uma deficiência no transporte público de São Paulo quando comparado ao de outras grandes cidades do mundo, o que desestimula a sua utilização, levando as pessoas para o transporte individual.”
(Silvio Medici – Engenheiro de Tráfego)

Uma das saídas apontadas por especialistas para tornar mais atraente o transporte público para quem anda de carro na capital paulista é a ampliação da malha metroviária.

“A solução é o metrô e, em São Paulo, a rede deveria ter no mínimo 200 km de extensão, mas ainda está longe disso. É preciso aumentar a média histórica de construção de metrô na cidade, de dois para seis quilômetros por ano. A capacidade do metrô está esgotada hoje.”
(Creso de Franco Peixoto, professor da Fundação Educacional Inaciana)

80,2 KM É A EXTENSÃO DA MALHA METROVIÁRIA EM SÃO PAULO

CICLOVIAS

A cidade de São Paulo possui 498,3 km de vias com tratamento cicloviário permanente, sendo 468,0 km de ciclovias/ciclofaixas e 30,3 km de ciclorrotas, segundo dados da CET (Companhia de Engenharia e Tráfego). Para usufruir da integração modal o ciclista conta com 6149 vagas em bicicletários públicos, e 121 paraciclos públicos instalados nos terminais de ônibus e nas estações do Metrô e da CPTM.

LINHAS DE ÔNIBUS INTERMUNICIPAIS

O sistema metropolitano de transporte sobre pneus é gerenciado pela EMTU (Empresa Metropolitana de Transporte Urbano) e operado por empresas privadas.

Em 2016, de acordo com dados da EMTU, foram transportados 610,8 de passageiros (número em milhares):

Região Metropolitana de São Paulo: 482,0
Baixada Santista: 57,8
Campinas: 42,1
Vale do Paraíba e Litoral Norte: 21,5
Sorocaba: 7,2

São 133 cidades envolvendo 28 milhões de habitantes. A empresa fiscaliza um total de 940 linhas de ônibus dos serviços comum, seletivo, Reserva Técnica Operacional e outros específicos. O VLT (Veículo Leve Sobre Trilhos) da Baixada Santista, em fevereiro de 2017, alcançou o número de 270 mil passageiros transportados mensalmente.

PesquisaMETRÔ DE SÃO PAULO

O Metrô de São Paulo possui seis linhas (1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha, 4-Amarela, 5-Lilás e 15-Prata) em operação. Ao todo são 80,2 quilômetros de rede e 71 estações.

Em 2016 foram transportados 3,7 milhões de passageiros em média nos dias úteis, considerando-se as entradas mais as transferências entre as linhas do Metrô de São Paulo.

Circulam na Estação Sé, considerando-se as entradas, saídas e transferências entre as Linhas 1-Azul e 3-Vermelha, cerca de 594 mil passageiros nos dias úteis.

COMPANHIA PAULISTA DE TRENS METROPOLITANOS

Em 2016 foram transportados 2,8 milhões de passageiros na CPTM em média nos dias úteis:

Linha 7-Rubi (Luz – Jundiaí): 450,1 mil
Linha 8-Diamante (Júlio Prestes – Amador Bueno): 490,1 mil
Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú): 601,3 mil
Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra): 364,8 mil
Linha 11-Coral (Luz – Estudantes): 724,4 mil
Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana): 256,0 mil

A CPTM possui seis linhas, que somam 260,8 quilômetros. O sistema atende 22 municípios, sendo 19 deles na Região Metropolitana de São Paulo e conta com 92 estações. Só as estações Brás, Luz e Barra Funda recebem juntas quase 50% do movimento diário.

* Última atualização deste post foi feita em 26/09/2017 às 12:45