Frota de ônibus metropolitanos segue reduzida por causa da greve dos caminhoneiros

Greve dos caminhoneiros ainda causa reflexos nas linhas intermunicipais nas cinco regiões metropolitanas

0
34
ônibus metropolitanos Campinas Terminal Magalhães Teixeira
Foto: EMTU

Nesta segunda-feira, dia 28 de maio, a EMTU informou que a operação das linhas intermunicipais nas Regiões Metropolitanas do Estado permanece comprometida em virtude da greve dos caminhoneiros autônomos.

Horário de pico da manhã

Na Região Metropolitana de São Paulo a frota em operação no pico da manhã das concessionárias e permissionárias estava em torno de 76%. Nessa área operam normalmente cerca de 4.500 ônibus das 550 linhas que transportam em média 1,7 milhão de passageiros por dia.

A Região Metropolitana da Baixada Santista operou nesta manhã com 90% da frota programada. Nessa área circulam por dia 500 ônibus em 67 linhas que transportam 200 mil passageiros diariamente.

Na Região Metropolitana de Campinas circulavam 74% dos 500 ônibus que atendem 150 linhas e transportam 150 mil passageiros por dia.

Na Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte as permissionárias estavam operando com 81% da frota. Nessa área circulam diariamente 350 ônibus distribuídos em 80 linhas que transportam cerca de 75 mil usuários por dia.

Na Região Metropolitana de Sorocaba operavam, nesta manhã, 74% dos 170 ônibus da região que estão distribuídos em 80 linhas e transportam diariamente 50 mil usuários.

Horário de pico da tarde e noite

A empresa não informou o balanço da frota de ônibus metropolitanos do horário de pico da tarde e noite.

Ônibus em tempo real

Uma alternativa para os passageiros saberem onde as linhas de ônibus intermunicipais estão circulando em tempo real é consultar o aplicativo da EMTU, disponível para iOS ou Android ou consultar a página inicial do site da EMTU.

Acompanhamento

A EMTU informa que continua acompanhando a situação nas garagens e orientou as empresas operadoras a priorizar a operação nos horários de pico e nas linhas onde há maior número de passageiros transportados.

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO