Viaduto Ameríndia e 2 km de novo viário no Corredor Metropolitano Itapevi – São Paulo são entregues em Itapevi

Realizadas pela EMTU, obras proporcionam mais segurança e comodidade para pedestres e motoristas

0
55
Viaduto Ameríndia
Obra da EMTU, o Viaduto Ameríndia substitui passagem de nível em trecho da Linha 8-Diamante da CPTM (Foto: Alexandre Carvalho/A2img)

O governador Geraldo Alckmin inaugurou nesta quarta-feira, dia 27 de dezembro, em Itapevi, um novo viaduto ligando o Corredor Metropolitano Itapevi – São Paulo à Rua Ameríndia e 2 km de viário entre o Terminal Jandira e a divisa com o município de Itapevi.

Com 330 metros de extensão total, o viaduto vai proporcionar mais segurança a pedestres e motoristas, pois será fechada uma passagem de nível que atualmente serve de travessia e acesso entre bairros. A medida também beneficia os usuários da Linha 8-Diamante da CPTM, uma vez que os trens poderão desenvolver maior velocidade naquela área.

O viaduto – o segundo a transpor a via férrea na região – está localizado entre as estações da CPTM, Engenheiro Cardoso, em Itapevi, e Sagrado Coração, em Jandira. Dispõe de passeio com 1,50 metro e espaço para ciclovia com 2,50 metros de largura.

Conta ainda com dois acessos: pelo lado sul (Bairro Vila Doutor Cardoso) o acesso se dará pelo corredor de ônibus, em ambos os sentidos, através da Rua Rosângela Marina Limas, altura no nº 600, Rua André Cavanha, altura do nº 100 e Rua Eduardo de Abreu na junção com a Rua Georgina. Pelo lado norte (Bairro Jardim Vitápolis) o acesso se dará no cruzamento da Rua Ameríndia com a Rua Sideral.

Foto: Alexandre Carvalho/A2img

Viário concluído

Os 2 km de viário novo com sinalização entregues à população estão localizados entre o Terminal Jandira e a divisa com Itapevi. O trecho inclui as paradas Prestes Maia, Mariana e Rosa Maria do Corredor Metropolitano. Para 2018 estão previstos ainda a entrega do viário do trecho pós-viaduto até a Estação Engenheiro Cardoso e a finalização de viário até Itapevi.

Passarela para pedestre elimina trecho de passagem de linha da rede ferroviária (Foto: Alexandre Carvalho/A2img)

Corredor Metropolitano Itapevi – São Paulo

Empreendimento dividido em quatro trechos:

1º trecho (5 km entre as cidades de Itapevi e Jandira) – obras retomadas em novembro/2015 com previsão de entrega em 2018.

2º trecho (Jandira – Carapicuíba, de 8,8 quilômetros, incluindo o Terminal Carapicuíba, uma Estação de Transferência e 9 Estações de Embarque e Desembarque). Obras previstas: cobertura do Terminal Carapicuíba, Estação Barueri, viaduto em Carapicuíba e alças de acesso e acabamento em 10 paradas de embarque e desembarque no trecho. Previsão de retomada das obras: 2018. Previsão de término (incluindo o Terminal Carapicuíba): 2019.

3º trecho (Trecho Carapicuíba – Terminal Osasco km 21, com 2,2 quilômetros de extensão, terá duas estações de embarque e um terminal). Em 16 de agosto de 2017 foi entregue o Terminal Luiz Bortolosso (km 21). Previsão de conclusão do trecho: 2019.

4º trecho (Trecho Terminal Osasco km 21 – Vila Yara, com 7,6 km de extensão, um terminal de Integração na Vila Yara e 10 estações de embarque). Os projetos básico e executivo foram concluídos. Características: 23,6 km de extensão, irá do futuro Terminal Itapevi (junto à Estação da CPTM), até o Terminal Vila Yara (na divisa entre Osasco e São Paulo). As obras de reforma e ampliação do Terminal Vila Yara têm previsão de início em 2018 e conclusão em 2019.

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO