Estações Luz e República da Linha 4-Amarela fecham neste domingo, dia 13

0
58
Linha 4-Amarela
Obras em trecho da Linha 4-Amarela do Metrô (Foto: Fernando Nascimento/Sigmapress/Estadão Conteúdo/Arquivo)

Os passageiros devem ficar atentos a mudanças na operação da Linha 4-Amarela neste domingo, dia 13 de agosto. As estações Luz e República estarão fechadas para embarque e desembarque durante toda a operação comercial (4h40 à meia-noite).

A restrição operacional ocorrerá para execução de obras na futura Estação Higienópolis-Mackenzie, sob responsabilidade do Metrô de São Paulo.

Os passageiros poderão utilizar o próprio sistema metroviário para realizar seus trajetos. Os usuários que entrarem nas estações Butantã, Pinheiros, Faria Lima e Fradique Coutinho com destino às estações República e Luz devem desembarcar em Paulista e seguir viagem usando a integração com a Linha 2-Verde do Metrô.

Na estação Luz, os passageiros devem utilizar a integração com a Linha 1-Azul do Metrô. Quem estiver na estação República pode fazer a transferência para a Linha 3-Vermelha do Metrô para prosseguir sua viagem pelo sistema. As estações República (Linha 3-Vermelha) e Luz (Linha 1-Azul) do Metrô funcionam normalmente. A operação será normal nas demais estações da Linha 4-Amarela no trecho entre as estações Paulista-Butantã.

Com a operação diferenciada deste domingo, a orientação aos usuários será reforçada em toda a Linha 4-Amarela com cartazes, mensagens sonoras e veiculação de informações nos monitores de TV das estações, plataformas e trens. A equipe de atendimento também está preparada para auxiliar os usuários nos deslocamentos, minimizar os impactos das mudanças e garantir a segurança.

Informações adicionais podem ser obtidas na Central de Atendimento (0800 770 7100), de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 22h, sábado e domingo, das 8h às 18h. Outros canais de comunicação também estão à disposição, como a Ouvidoria (ouvidoria@viaquatro.com.br) e o Fale Conosco no link http://www.viaquatro.com.br/fale-conosco.

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO