Geraldo Alckmin autoriza a contratação das obras complementares do Corredor Metropolitano Biléo Soares

O edital de obras envolve o trecho que liga Hortolândia, Sumaré e Campinas

0
20
Biléo Soares
Foto: Alexandre Carvalho/A2img

O governador Geraldo Alckmin autorizou nesta quarta-feira (2/8) a contratação de obras complementares do Corredor Metropolitano Vereador Biléo Soares para o trecho de 4,8 km que liga Hortolândia, Sumaré e Campinas. O valor inicial do investimento é de R$ 96,7 milhões.

O edital será publicado na sexta-feira, dia 4/8, contemplando a implantação de duas alças de acesso à SP-101 sobre a ferrovia, a Estação de Transferência Rosolém-Hortolândia, a Estação Transferência Peron-Hortolândia, a Parada III da Avenida Lix da Cunha, em Campinas, e mais cinco estações de embarque e desembarque.

Neste trecho, já foram entregues a Estação de Transferência Pinheiros e Parada Emancipação, ambas em agosto de 2016, e, recentemente, também a Estação de Transferência Maria Antonia km 110 – Anhanguera, no dia 6 de julho.

O Corredor Metropolitano Biléo Soares está ajudando a organizar o transporte público entre os municípios da Região Metropolitana de Campinas, propiciando aos usuários mais opções de transporte, com a integração física nos terminais entre as linhas municipais e metropolitanas. O embarque e o desembarque dos ônibus nas paradas e nos terminais são realizados com mais conforto e segurança, além de acessibilidade garantida às pessoas com deficiência.

O novo sistema acompanha o crescimento dos municípios da região e permite a melhoria das condições ambientais, por meio da redistribuição das linhas e da operação da quantidade de ônibus adequada em circulação. Um dos incrementos previstos é a requalificação urbana da região central de Campinas, terceira cidade mais populosa do Estado e importante pólo regional.

Foto: Alexandre Carvalho/A2img

Obras em andamento

Outras obras estão em andamento no trecho de 24,3 km que liga Nova Odessa, Americana e Santa Bárbara D’Oeste, com investimento de R$ 189 milhões do Governo do Estado de São Paulo. Os trabalhos, que começaram em maio deste ano, estão sendo executados pelo Consórcio Construtor Biléo Soares.

Nesse trecho, serão concluídos em 2017 as obras remanescentes do Terminal Metropolitano Americana, o viário das avenidas São Paulo e Europa com sinalização vertical e horizontal e pontos de parada; as Estações de Transferência São Paulo e Amizade, em Santa Bárbara D’Oeste; as paradas Mônaco e Juruema, na Avenida Europa, em Americana, assim como as paradas Limeira e Algodão e Parada Alfredo Contato em Santa Bárbara D’Oeste.

Já em 2018, serão finalizados em Santa Bárbara D’Oeste o viário das avenidas da Fazenda e Laura Santos – inclusive com ciclovia, pontos de parada, serviços de infraestrutura hidráulica, drenagem e sinalização viária; a adequação do sistema viário nas avenidas Perola Byington, Floriano Peixoto e Tiradentes; a Estação de Transferência Ribeirão dos Toledos; as paradas Prefeito Isaias, Tivoli e mais quatro pontos de parada entre a Estação de Transferência Ribeirão dos Toledos e a ponte sobre o ribeirão.

Foto: Alexandre Carvalho/A2img

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO