Segunda semana do Maio Amarelo tem ações para orientar e dar segurança aos ciclistas

0
39
movimento maio amarelo

A segunda semana do movimento Maio Amarelo, para incentivar a convivência entre os modais e conscientizar a todos sobre a importância de reduzir os índices de mortos e feridos no trânsito, vai focar nos ciclistas com ações para crianças e também de manutenção das bicicletas de quem já pedala.

A ideia da Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes é incentivar o uso das bicicletas como meio de transporte. Para orientar os futuros motoristas e ciclistas, foi montado um circuito de bicicletas para as crianças no Shopping Eldorado, na zona sul. De 8 e 14 de maio, os pequenos vão poder usar gratuitamente as bicicletas com rodinhas e receber informações sobre segurança de trânsito.

No circuito serão simuladas situações corriqueiras no trânsito, como a travessia de pedestre em uma faixa, e a importância do ciclista, motorista e motociclistas pararem para dar a preferência para ele. Além das bikes, vão estar disponíveis equipamentos de segurança, como luvas e capacetes, para serem utilizadas pelos pequenos ciclistas. O espaço vai funcionar das 13h às 17h e é gratuito.

MANUTENÇÃO DE BIKES

Os parques da cidade também vão contar com atividades para ciclistas. A Shimano, em parceria com a Caloi, vai oferecer gratuitamente serviço mecânico básico em sete parques da capital.

Os ciclistas – tanto os profissionais como os amadores – poderão receber ainda dicas de segurança para pedalar nas tendas que serão montadas no parque além de poder consertar câmaras de ar, encher pneus e fazer regulagens, ajustes e apertos simples nas bikes.

Quem passar pelos estandes também vai ser presenteado com uma sacochilas do Maio Amarelo, que são uma ótima opção para levar pequenos objetos enquanto pedala. Os atendimentos nos parques vão acontecer sempre das 8h às 15h seguindo o seguinte cronograma:

08/05 – Parque do Povo
09/05 – Parque do Carmo
10/05 – Endereço a confirmar
11/05 – Parque do Tietê
12/05 -Parque Radical
13/05 – Parque Ibirapuera

TEATRO NO METRÔ

Alunos de artes cênicas que são estagiários na CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) vão fazer apresentações nas estações do Metrô de São Paulo. A primeira apresentação acontece na segunda-feira (8) na Estação Luz, às 12h e na República, às 14h.

Na peça os cinco jovens atores vão mostrar a importância de convivência entre os modais e os conflitos que muitas vezes surgem no trânsito entre motoristas e ciclistas.

A peça tem duração de 30 minutos e é gratuita. A partir de terça-feira (09/05), a programação no Metrô será sempre às 12h e às 14h nas estações:

09/05 – Estação Sé
10/05 – Estação Brás
11/05 – Estação Vila Prudente
12/05 – Estação Tatuapé

Na semana do ciclista também estão programadas apresentações atividades dentro das escolas municipais. Além da programação definida pela Prefeitura, entidades de classe e a sociedade civil também podem participar do Maio Amarelo e sugerir programações próprias pelo site criado para o evento (http://maioamarelo.prefeitura.sp.gov.br). A programação completa do Maio Amarelo também pode ser conferida neste endereço.

O Maio Amarelo conta com a parceria da Fundação Bloomberg e do aplicativo 99 que vai doar 300 racks de bike para os táxis pretos, justamente para incentivar a integração entre os modais (bicicleta e táxi). Por meio do aplicativo também é possível, durante o mês de maio, participar de game dos modais que vão dar vouchers para os ganhadores. As empresas Shimano e Caloi também são parceiras do Maio Amarelo.

MOVIMENTO MAIO AMARELO

O Movimento Maio Amarelo nasce com uma só proposta: chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.

O objetivo do movimento é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para, fugindo das falácias cotidianas e costumeiras, efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas.

Acompanhando o sucesso de outros movimentos, como o Outubro Rosa e o Novembro Azul, os quais, respectivamente, tratam dos temas câncer de mama e próstata, o movimento Maio Amarelo estimula você a promover atividades voltadas à conscientização, ao amplo debate das responsabilidades e à avaliação de riscos sobre o comportamento de cada cidadão, dentro de seus deslocamentos diários no trânsito.

A marca que simboliza o movimento, o laço na cor amarela, segue a mesma proposta de conscientização já idealizada e bem-sucedida, adotada pelos movimentos de conscientização no combate ao câncer de mama, ao de próstata e, até mesmo, às campanhas de conscientização contra o vírus HIV (Human Immunodeficiency Virus) – a mais consolidada nacional e internacionalmente.

Portanto, a escolha proposital do laço amarelo tem como intenção primeira colocar a necessidade da sociedade tratar os acidentes de trânsito como uma verdadeira epidemia e, consequentemente, acionar cada cidadão a adotar comportamento mais seguro e responsável, tendo como premissa a preservação da sua própria vida e a dos demais cidadãos.

MAIO AMARELO

Vale ressaltar que o Maio Amarelo, como o próprio nome traduz, é um movimento, uma ação, não uma campanha; ou seja, cada cidadão, entidade ou empresa pode utilizar o laço do Maio Amarelo em suas ações de conscientização tanto no mês de maio, quanto, na medida do possível, durante o ano inteiro.

A motivação para o Movimento Maio Amarelo não é novidade para a sociedade. Muito pelo contrário, é respaldada em argumentos de conhecimento público e notório, mas comumente desprezados, sem a devida reflexão sobre o impacto na vida de cada cidadão.

Em conclusão, o Maio Amarelo quer e espera a participação e envolvimento de todos comprometidos com o bem-estar social, educação e segurança em decorrência de cultura própria e regras de governança corporativa e função social; razão pela qual, convidamos você, sua entidade ou sua empresa a levantar essa bandeira e fazer do mês de maio o início da mudança e fazer do Amarelo, a cor da “atenção pela vida”.

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO