CET e Instituto Renault investem na educação de trânsito

CET e Instituto Renault investem na educação de trânsito

0
53
Instituto Renault
Foto: Divulgação/Instituto Renault

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) recebeu uma minicidade, uma nova pista e um espaço digital para realização de atividades educacionais de trânsito para crianças e adolescentes no Centro de Treinamento e Educação de Trânsito. As novidades são fruto de uma parceria com o Instituto Renault, que também doou seis miniveículos elétricos desenvolvidos para a conscientização de meninos e meninas. E a manutenção do local ficará a cargo do Instituto pelo período de dois anos.

O novo projeto, com custo zero para a Prefeitura de São Paulo, contemplou a reforma completa e a modernização da pista de 1.740 metros quadrados, que faz parte do Espaço Vivencial de Trânsito Caio Graco, área do Centro de Treinamento e Educação de Trânsito voltada para a educação de crianças e de adolescentes. O Centro de Treinamento e Educação de Trânsito fica na Avenida Marquês de São Vicente nº 2.154, na Barra Funda, zona oeste.

O asfalto foi recuperado e o percurso simula todas as características de trânsito de uma via normal, com 21 tipos distintos de placas de sinalização atualizadas, faixas de pedestre, semáforos de LED, ciclovias, lombadas, sinalização horizontal, bicicletário e baias de estacionamento. Também há calçadas com piso tátil e rampas acessíveis para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida, garantindo seu deslocamento com segurança e autonomia.

A minicidade tem um cenário cenográfico com escola, hospital, posto policial, ponto de ônibus, metrô, praça, garagem, passarela coberta, e até um eletroposto, onde os minicarros recarregam suas baterias.

Os seis carros elétricos, que foram doados pelo Instituto Renault, são voltados especificamente para a faixa etária de 7 a 11 anos e comportam duas crianças por unidade, o que possibilita abordar questões como carona solidária, responsabilidade pela segurança de passageiros, e atenção do passageiro para que o condutor cumpra as leis de trânsito. Eles possuem cinto de segurança e têm o limite de velocidade de 4 km/h. As crianças só poderão utilizar os miniveículos sob a supervisão de instrutores do Centro de Treinamento e Educação de Trânsito.

Watch video!

O Instituto Renault também doou três bicicletas para crianças. Elas se somam às quatro bikes infantis que o Centro de Treinamento e Educação de Trânsito já possui, e serão utilizadas na conscientização de meninos e meninas sobre o compartilhamento do viário entre motoristas, ciclistas e pedestres.

O Centro de Treinamento e Educação de Trânsito ainda recebeu uma nova sala digital de educação no trânsito, a mais moderna do país com essa finalidade. O local tem jogos de realidade virtual que utilizam conteúdo educacional de forma lúdica, para que as crianças assimilem o conteúdo com maior atenção. A tecnologia faz parte do dia a dia do público infantil e é capaz de atrair ainda mais a atenção dessas faixas etárias. Essa iniciativa é pioneira no Brasil, já que não há salas semelhantes que utilizem esse tipo de inovação tecnológica no país. Na sala multimídia também há televisões que exibem vídeos educacionais.

“Temos à disposição do paulistano um local de excelência e pioneirismo na educação de trânsito, que é o Centro de Treinamento e Educação de Trânsito. Com essa ampla reforma, vamos intensificar nossas ações de orientação ao público infantil e jovem”, afirma o secretário de Mobilidade e Transportes, Sérgio Avelleda. “Com esse equipamento revitalizado e com novos recursos, reforçamos mais um dos pilares de nossa política de mobilidade na cidade de São Paulo: a conscientização, desde a infância, da importância de respeitar as leis de trânsito.”

Para o presidente da CET, João Octaviano Machado Neto, a educação de trânsito do público infantil é um dos pilares de sustentação de uma política de redução de acidentes a longo prazo. “Ações imediatas da CET para reduzir acidentes já são bem conhecidas pela população. A revitalização do Centro de Treinamento e Educação de Trânsito, além de oferecer aos alunos de Ensino Fundamental mais recursos para o aprendizado sobre o trânsito, também mostra que a Companhia segue no objetivo de aprimorar medidas de longo prazo para ruas paulistanas com menos acidentes com pedestres, ciclistas, motociclistas e automóveis.”

O superintendente de Educação de Trânsito da CET, Luiz Eduardo Pesce de Arruda, ressalta que a parceria garante a continuidade da oferta de programas versáteis de educação de trânsito. “Com a parceria, a CET continua com uma política educacional atualizada”, explica Arruda. “Essa atualização é constante e necessária em virtude das novas demandas de uma cidade em crescimento como São Paulo, cuja frota de veículos segue aumentando.”

A parceria com o Instituto Renault faz parte da ampliação do programa “O Trânsito e Eu”, da montadora. “Nosso principal objetivo é estimular a convivência harmoniosa entre todos os que fazem parte do trânsito, estejam a bordo de um carro ou não. Esta é uma das iniciativas que desenvolvemos com o intuito de contribuir para mudar a realidade das ruas e das estradas do país”, afirma Caique Ferreira, vice-presidente do Instituto Renault e diretor de Comunicação da marca.

Dois Kangoos elétricos

A CET ainda recebeu do Instituto Renault dois Kangoos elétricos. O veículo funciona sem emissão de poluentes. Um deles utilizado no setor operacional da Companhia e o outro ficará no próprio Centro de Treinamento e Educação de Trânsito e será utilizado para ações de educação de trânsito.

Sobre o Espaço Vivencial Caio Graco

Foto: Divulgação/CET

O Espaço Vivencial de Trânsito Caio Graco da Silva Prado recebeu, ao longo de seus 24 anos de existência, mais de 200 mil crianças e adolescentes de todas as regiões da capital. As atividades são gratuitas e podem ser agendadas por escolas e instituições públicas e privadas por meio do envio de oficio ao Departamento de Educação a Distância do CETET.

O espaço tem o objetivo de trazer noções de educação de trânsito a estudantes de seis a 16 anos. O local ainda conta com auditório de 140 lugares e espaço para lanches.

As atividades para crianças e jovens abordam vários aspectos da mobilidade urbana, como a importância das normas de segurança, da adoção de comportamentos seguros na circulação e travessia e do uso compartilhado dos espaços públicos.

Após mais de duas décadas de utilização, a área apresentou desgaste das calçadas, do asfalto e da sinalização, além da necessidade de modelos visuais e tecnológicos mais modernos.

Instituto Renault

Instituto Renault
Foto: Divulgação/Instituto Renault

O Instituto Renault do Brasil foi criado em 14 de setembro de 2010, com o intuito de reunir, otimizar e profissionalizar as ações de sustentabilidade social e ambiental já iniciadas em diversos setores da empresa, agindo sobre os impactos socioambientais da atividade e respeitando o compromisso do Grupo Renault no âmbito da Responsabilidade Social Empresarial.

Desde então, o Instituto Renault busca apoiar e desenvolver as iniciativas locais da empresa que visam diminuir nossa pegada ambiental, trabalhar pela proteção dos usuários do trânsito, contribuir para o desenvolvimento e a inclusão social da região, bem como desenvolver a competência de nossos colaboradores e promover o princípio da igualdade de oportunidades, integrando os diversos setores da empresa, e buscando o envolvimento de todos os componentes da cadeia de valor e o diálogo com as partes interessadas (stakeholders).

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO