Marginais Pinheiros e Tietê têm 117 acidentes no segundo mês após aumento dos limites de velocidade

0
27
Foto: Felipe Rau/Estadão

As marginais Tietê e Pinheiros registraram 117 acidentes com vítimas no segundo mês depois do aumento do limite de velocidade nas vias – média de quatro casos por dia, segundo dados divulgados pela gestão João Doria. Na comparação com os 30 dias anteriores, quando houve 106 casos, a alta é de 10,4%.

O aumento dos limites de velocidade nas duas marginais aconteceu em 25 de janeiro, com a retomada das máximas de 90 km/h na pista expressa, de 70 km/h na pista central e de 60 km/h na pista local – e a criação do programa Marginal Segura.

A gestão Doria divulgou dados de dois períodos com novas velocidades: de 25 de janeiro até 23 de fevereiro e de 24 de fevereiro até 26 de março. A gestão afirma que os dados não são comparáveis com registros da CET do ano passado.

Pelo balanço da companhia com dados operacionais (baseados nos relatos dos agentes de trânsito), os 106 acidentes com vítimas registrados de 25 de janeiro a 23 de fevereiro deste ano são 130% acima dos 46 de igual período de 2016.

A gestão Doria diz que essa diferença se deve à maior quantidade de equipes em atendimento nas marginais, de 45 para 75 agentes por turno, além de câmeras.
Por essa argumentação, casos que antes passavam despercebidos agora são notados e registrados nesse balanço.

Em relação ao crescimento de acidentes com vítimas no segundo mês de vigência das novas velocidades, a gestão Doria cita as férias em parte do primeiro mês do programa.

“Ou seja, existe uma diminuição no número de viagens realizadas, consequentemente, um número de veículos menor do que a média registrada nas marginais”, afirma.

Para a gestão Doria, os dados que permitiriam medir a variação dos acidentes nas marginais seriam os consolidados, baseados em boletins de ocorrência, que ainda estão sendo compilados. Ela diz que, no primeiro mês com velocidades mais altas nas marginais, esse número se limita a 35 casos por enquanto.

MOTOS

Dos acidentes com vítimas no segundo mês de novas velocidades, 79% envolveram motos. No mesmo período, houve duas mortes de motociclistas – no dia 30, um terceiro motociclista morreu na Marginal Tietê. No primeiro mês, outro motociclista havia morrido.

A gestão não contabiliza outras duas mortes registradas pela Polícia Militar, afirmando que ocorreram em alças de acesso, e não nas marginais.

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO