Geraldo Alckmin entrega todo primeiro trecho do VLT da Baixada Santista

Dez veículos operam a partir de 01/02 das 7h às 19h entre o Terminal Barreiros, em São Vicente, e o Terminal Porto, em Santos.

0
69
VLT Baixada integração tarifária
Foto: Divulgação

O governador Geraldo Alckmin entregou, nesta terça, 31 de janeiro, o primeiro trecho do VLT da Baixada Santista entre Santos e São Vicente. Com a finalização das obras, os usuários poderão se deslocar ao longo de todo trecho de 11,5 quilômetros entre as estações Barreiros (São Vicente) e Porto (Santos). O investimento total do empreendimento é de R$ 1,3 bilhão. O Veículo Leve Sobre Trilhos é gerenciado pela EMTU/SP e faz parte do Sistema Integrado Metropolitano da Baixada Santista.

“São mais cinco estações do VLT, totalizando quinze estações em todo trecho”, comentou Alckmin destacando a qualidade deste modal de transporte e dos trens utilizados. “São trens modernos, com ar-condicionado, elétricos, não poluentes, com capacidade para 400 passageiros”, disse.

Com a finalização das obras civis do Terminal Barreiros, em São Vicente e estações Ana Costa, Washington Luis e Conselheiro Nébias, em Santos, estão concluídas as estações projetadas no trecho. Está sendo finalizada a implantação do sistema de segurança da estação Conselheiro Nébias, que entrará em operação em fevereiro. A ligação tem, ao todo, 15 estações, ciclovia, paraciclos e um bicicletário.

Já estavam operando as estações Mascarenhas de Moraes, São Vicente, Emmerich, Nossa Senhora das Graças, José Monteiro, Itararé e João Ribeiro, em São Vicente; Nossa Senhora de Lourdes, Pinheiro Machado, Bernardino de Campos e Porto, em Santos.

No Terminal Barreiros, os usuários têm à disposição um bicicletário com capacidade para 80 bikes. Nas demais estações do VLT, foram instalados paraciclos (estrutura de metal onde a bicicleta é estacionada e presa).

A modernização dos equipamentos viários ao longo da linha do VLT, concretizada após obras de engenharia desafiadoras, trouxe conforto e segurança a usuários, pedestres e motoristas. Dois exemplos: a duplicação do túnel José Menino, na divisa de Santos e São Vicente, e a ampliação do viaduto Emmerich, em São Vicente.

A operação do VLT no trecho beneficia, direta ou indiretamente, os quase dois milhões de moradores dos nove municípios da Baixada Santista, que poderão utilizar um transporte seguro, não poluente, rápido e totalmente integrado com o meio urbano.

Foto: Divulgação

Operação

A partir desta quarta (01/02), o VLT ampliará o horário de atendimento, passando a operar das 7h às 19h ao longo de 14 das 15 estações previstas no trecho (com exceção de Conselheiro Nébias). Atualmente, este horário atende da Estação Mascarenhas de Moraes a Bernardino de Campos. Em abril, os usuários de Santos e São Vicente terão um período ainda maior para utilizar o VLT, já que o horário de circulação será mais amplo: das 5h30 às 23h30.

A ampliação do horário e do número de estações atendidas, além da integração tarifária com as linhas municipais de Santos, prevista para abril de 2017, são passos importantes para que seja cumprida a meta de transportar diariamente 35 mil usuários no primeiro trecho do empreendimento. A média atual é de 6 mil usuários/dia transportados. A integração tarifária do VLT com 37 linhas intermunicipais já ocorre desde o segundo semestre de 2016.

Ao mesmo tempo em que o VLT começa a operar em todo o trecho Barreiros-Porto, entrarão em funcionamento 10 máquinas de autoatendimento onde o usuário pode adquirir seu cartão unitário e recarregar todos os tipos de cartão BR Mobilidade utilizados no VLT e nas linhas intermunicipais. O pagamento deve ser feito com cartão de débito. As máquinas estão instaladas nas estações Mascarenhas de Moraes, São Vicente, Emmerich, Nossa Senhora das Graças, José Monteiro, Itararé e João Ribeiro, em São Vicente; Nossa Senhora de Lourdes, Pinheiro Machado e Bernardino de Campos, em Santos.

Foto: Divulgação

VLTs disponíveis

Já são dezoito os VLTs que se encontram na Baixada Santista. Quinze estão disponíveis para operação e os outros três estão em fase de testes. Os últimos quatro veículos dos 22 contratados serão entregues no 1º trimestre de 2018.

No início da operação ao longo das estações do trecho Barreiros-Porto, dez veículos vão circular com intervalo de dez minutos entre as partidas. Um deles está adesivado com a arte final do Concurso Cultural VLT na Sua Onda. O vencedor foi João Eduardo Watanabe Pinhata. O Concurso de âmbito nacional promovido pela EMTU/SP entre setembro e outubro de 2013 teve como objetivo escolher o melhor desenho artístico para estampar o primeiro VLT que circulará entre as cidades de Santos e São Vicente.

Foto: Divulgação

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO