Dia da Natureza

Esse dia foi escolhido porque é a data da celebração em homenagem a São Francisco de Assis.

0
29
Foto: Divulgação

A natureza é o bem maior do homem e de todas as espécies que habitam o planeta Terra. Isso é indiscutível. A data que a homenageia foi criada, exatamente, com o intuito de conscientizar a população a respeito da importância da preservação. O dia 04 de outubro foi escolhido porque é a data da celebração em homenagem a São Francisco de Assis, um frade católico e santo que se destacava por ser apaixonado pelo meio ambiente.

A natureza tem sido vítima, principalmente após a revolução industrial, de vários impactos negativos. A poluição dos recursos hídricos, da atmosfera, dos solos, bem como o desmatamento e as queimadas, são alguns dos problemas enfrentados pela natureza atualmente. E por mais que o tempo passe, esse problema parece longe de acabar. Apenas quando cada um se comprometer é que teremos, de fato, mudanças significativas.

As consequências dos nossos atos são visíveis e a cada dia apresentam-se com maior intensidade. Um exemplo claro do uso inadequado dos recursos que a natureza nos oferece é a crise hídrica, que deixa várias pessoas sem água no Brasil e no mundo. Outro problema que merece destaque é a destruição de habitat, que leva várias espécies à extinção a cada ano. Não podemos nos esquecer também do aquecimento global, consequência da poluição causada pelo homem, principalmente em razão da queima de combustíveis fósseis.

Diante dos problemas causados, é importante que algumas medidas sejam tomadas pela sociedade civil e também pelos governantes, como:

– Separar adequadamente o lixo que pode ser reciclado para que possa ser recolhido pela coleta seletiva. Caso a coleta não esteja disponível em sua cidade, é importante entregar em cooperativas ou postos de coleta;

– Não desperdiçar água e energia;

– Evitar o consumo excessivo de carne, pois a produção causa vários danos ambientais, inclusive o gasto excessivo de água;

– Optar sempre por produtos produzidos por meio da agricultura orgânica, que são livres de agrotóxicos;

– Sempre que possível, optar por não utilizar automóveis. Dê preferencia a bicicletas, transporte público ou até mesmo a uma caminhada;

– Não cooperar com a venda e tráfico ilegal de espécies da nossa fauna e flora;

– Observar e optar sempre por comprar produtos de empresas que estão envolvidas com programas de responsabilidade socioambiental;

Fonte: Mundo Educação

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO