Ônibus são incendiados durante protesto no Capão Redondo

0
202
Grupo colocou fogo em ônibus da região (Foto: Rivaldo)

A morte de uma pessoa durante um confronto policial no fim de semana gerou protestos no Capão Redondo, zona sul, na noite dessa segunda-feira (11). Dois suspeitos foram presos por vandalismo e faziam parte do grupo que queimou dois ônibus e depredou outro.

O grupo bloqueou totalmente a Avenida Comendador Antunes dos Santos, 1300, onde atearam fogo em pneus, lixos e madeiras. Após a ação, a polícia precisou dispersar o grupo com bombas de efeito moral, mas os moradores retornaram e foram até à Rua Deocleciano de Oliveira Filho, no Jardim São Luis, onde atearam fogo em um ônibus da Viação Transkuba, que estava reservado e realizaria o itinerário 6475/10 Jardim Vaz de Lima/Terminal Bandeira.

Já na Estrada de Itapecerica, próximo ao Metrô Capão Redondo, um coletivo da Viação Campo Belo também foi atacado, mas o motorista e o cobrador conseguiram apagar o fogo, que não queimou o veículo, que circulava entre o Terminal Capelinha/Jardim Macedônia do prefixo 6822/10.

Por volta de 21h15, na Rua José Taciano Flores, próximo à Rua Cataldo Parrilha, um ônibus da Viação VIP foi abordado e incendiado. O fogo se alastrou e atingiu a fiação elétrica da região.

A Viação Campo Belo informou que os ônibus que circulam na região do Capão Redondo não foram retirados de circulação. Já a VIP informou que não pode passar informação sobre o coletivo incendiado, mas afirmou que uma linha foi retirada de circulação durante o fim da noite e madrugada.

A Transkuba retirou de circulação todos os ônibus que passam pelo Jardim Vaz de Lima, Parque Santo Antônio, Capão Redondo e Jardim São Luis.

Fonte: Portal Band

Deixe seu comentário

comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO